Em mercados / acoes-e-indices

Petrobras e bancos sobem até 3%; Duratex salta 4% com recomendação de banco e Kroton avança 7%

Os mercados estão pressionados desde o fim da última semana, quando o presidente Donald Trump revelou planos de dobrar tarifas sobre importações de aço e alumínio da Turquia

fundição 2
(Peter Andrews/Reuters)

SÃO PAULO - Após uma sexta-feira amarga, com queda de 2,86% para o Ibovespa, o pregão desta segunda-feira (13) caminhava para ser de mais uma queda do índice, que seria a sexta seguida após uma última semana desastrosa para o índice. 

Apesar desse movimento, a aversão ao risco no mercado brasileiro foi refletida principalmente no mercado de câmbio, com o dólar registrando nova alta de 0,86%, a R$ 3,8973 na venda, enquanto o Ibovespa conseguiu mostrar força e engatou fortes ganhos no final do pregão, para fechar em alta de 1,28%, a  77.496 pontos.

Enquanto isso, a sessão foi de fortes ganhos para o dólar, que encostou nos R$ 3,90, o que levou à alta de ações como a Suzano (SUZB3), enquanto papéis como siderúrgicas e bancos tiveram forte alta após as quedas recentes. Kroton (KROT3), que divulga os seus números do segundo trimestre esta semana, viu seus papéis saltarem 7%, enquanto a Duratex viu seus papéis saltarem após elevação de recomendação. Petrobras (PETR3;PETR4) também se recuperou e subiu mais de 2%, apesar da queda do petróleo neste pregão, mesmo movimento da Vale (VALE3), que viu seus papéis subirem mais de 1%. 

Confira os destaques corporativos desta segunda-feira (13).

Usiminas (USIM5)

A Usiminas retoma operações em Ipatinga após explosão de gasômetro que fez ação despencar mais de 7% na sexta-feira (10). A empresa afirma que realizou rigorosa vistoria em todas as áreas da Usina de Ipatinga, incluindo os três gasômetros remanescentes, e, com foco na segurança, já retomou as operações dos Altos Fornos no 1 e 2, Laminações a Frio, Unigal e Despacho. A previsão é que os Laminadores de Chapas Grossas e Tiras a Quente retornem respectivamente na terça e quinta-feira desta semana, e que até a próxima quarta)feira (15 ) o Alto Forno no 3 volte a operar. Ipatinga representa 70% a 80% do volume de aço sendo produzido hoje pela companhia.

"Ainda precisamos confirmar detalhes de seguro/franquia, mas é difícil quantificar impacto negativo no terceiro trimestre por enquanto. Ainda há muita incerteza, mas sem dúvida foi um evento para reduzir expectativa de ganhos", avaliam os analistas do BTG Pactual. 

A Usiminas possui uma apólice de seguro de risco de operação que pode cobrir até US$ 600 milhões em danos e também possui seguros para perdas de receita de até 30 dias. Uma avaliação preliminar realizada pela empresa sugere que o tempo e o custo de reiniciar as operações na unidade de Ipatinga não serão materiais. Aparentemente, a explosão não danificou nenhum equipamento crítico e a fábrica pode funcionar sem o tanque de gás destruído.

Os analistas do Morgan Stanley mantêm a recomendação overweight (acima da média do mercado, o equivalente a compra), com preço-alvo em R$ 12,60, potencial de valorização de 59,3% em relação ao último pregão. "A queda nas exportações de aço fora da China devem continuar a sustentar os preços globais e, juntamente com o enfraquecimento do real, favorecem o aumento dos preços locais do aço. A demanda doméstica por aços planos deve continuar a se beneficiar da recuperação econômica do Brasil em 2018 e 2019, permitindo que a empresa aumente seus embarques domésticos", justificam os analistas. 

Embraer (EMBR3)

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defende que o acordo de joint venture entre a Embraer e a Boeing, firmado no mês passado, passe pelo Congresso. Para Maia, os parlamentares devem ser consultados sobre a posição do governo em relação a uma golden share, segundo entrevista ao jornal Valor Econômico. 

"Esse fato novo pode aumentar as incertezas sobre o cronograma para a conclusão do acordo entre a Embraer e a Boeing para criar a joint-venture para a aviação comercial", avaliam os analistas do Bradesco BBI, destacando que a discussão pode atrasar a aprovação do negócio para o próximo governo.

Vale (VALE3) e Bradespar (BRAP4)

O conselho de administração da Bradespar, holding da Vale, aprovou na sexta-feira (10) a recompra de 10,870 milhões de ações próprias. As ações serão adquiridas a preço de mercado, sendo 970 mil ações ordinárias e 9,9 milhões de ações preferenciais. As aquisições começarão na terça-feira (14) e terão duração de um ano. Os papéis serão mantidos em tesouraria, para posterior alienação ou cancelamento, sem redução do capital social.

BRF (BRFS3)

A S&P rebaixou o rating da BRF de BB+ para BB após a empresa reportar um aumento de seu prejuízo líquido para R$ 1,574 bilhão no segundo trimestre, ante prejuízo de R$ 166 milhões no mesmo período de 2017. O Ebitda ajustado despencou 47,1%, para R$ 373 milhões. Sem ajustes, o Ebitda ficou negativo em R$ 289 milhões. A margem Ebitda ajustada recuou caiu de 8,8% no segundo trimestre de 2017 para 4,6%. 

Duratex (DTEX3)

A Duratex foi elevada de neutra para compra pelo BTG Pactual e o preço-alvo em 12 meses subiu de R$ 9,50 para R$ 13, valor 31% superior ao fechamento da ação no pregão de sexta-feira (10). Segundo os analistas do banco, as recentes iniciativas de vendas de ativos florestais e retomada da operação de Itapetininga, entre outras, são "muito atrativas para serem ignoradas". Essas iniciativas combinadas com cortes de custos devem levar a uma melhora "substancial" do ROE (retorno sobre o patrimônio).

BR Distribuidora (BRDT3)

A BR Distribuidora deu início à fase vinculante de alienação nas empresas Pecém Energia e Energética Camaçari Muricy II.

Cemig (CMIG4)

  • As ações da Cemig foram rebaixadas de compra para neutra pela equipe de análise do Citi. 

Oi (OIBR4)

A Oi informa os dados do segundo trimestre após o fechamento da Bolsa. "A empresa durante anos pagou altos dividendos sem apresentar resultados bons em sua operação. Isso demonstra a necessidade de se informar sobre a qualidade da empresa antes de realizar um investimento. A empresa tem uma perspectiva de prejuízos", afirma a Suno Research.

EZTec (EZTC3)

A EZTec divulga após o fechamento do mercado, seus resultados trimestrais. A Suno Research destaca que o setor imobiliário tem seu faturamento diretamente ligado a fatores cíclicos do setor e a empresa teve a operação impactada por distratos e ausência de lançamentos. 

Quer investir pagando apenas R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear.

Balanços do dia

Para esta segunda-feira são esperados os balanços de São Martinho (SMTO3), Oi (OIBR4), Metal Leve (LEVE3), Locamerica (LCAM3), Light (LIGT3), Even (EVEN3), Alupar (ALUP11), M Dias Branco (MDIA3), Bradespar (BRAP4) e Eletrobras (ELET6), todos depois do fechamento do pregão.

Contato