EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em mercados / acoes-e-indices

Otimismo toma conta do mercado e Ibovespa sobe impulsionado pelas commodities

Clima de menor aversão ao risco derruba o dólar para R$ 3,72

trader na Bolsa de Nova York
(Brendan McDermid/Reuters)

SÃO PAULO - O Ibovespa subia 0,54%, aos 81.486 pontos, às 11h33 (horário de Brasília) desta terça-feira (7), acompanhando o otimismo das bolsas internacionais e impulsionado pela alta das commodities. No cenário doméstico, os investidores também estão de olho na política, com a defesa de Lula retirando pedido de soltura no STF (Supremo Tribunal Federal), como para a temporada de resultados.

As bolsas dos EUA operam em alta, com o S&P 500 muito próximo de renovar sua máxima histórica, com a boa safra de resultados e a recuperação das commodities aliviando as preocupações com a guerra comercial com a China. Na Ásia, o índice Xangai registrou sua maior alta em mais de 2 anos, impulsionado pelas ações do setor de mineração e siderúrgico com a alta dos preços do aço na China. Esse movimento reflete também nas ações brasileiras, com Vale (VALE3) subindo 2%, enquanto Gerdau (GGBR4) e Usiminas (USIM5) cerca de 1%.

Diante do clima de menor aversão ao risco, os contratos futuros de dólar com vencimento em setembro recuavam 0,59%, aos R$ 3,726. Enquanto isso, os juros futuros com vencimento em janeiro de 2019 e 2021 registravam ligeira queda de 2 pontos-base, aos 6,59% e 8,80%, respectivamente, também refletindo a ata do Copom. No documento sobre a última reunião, o Comitê reiterou a mensagem vista no comunicado, com o BC deixando de fornecer qualquer estimativa sobre quando um ciclo de mudança da Selic este ano.

Ações reagem aos resultados

As ações da Magazine Luiza (MGLU3) disparam 6% após o resultado do segundo trimestre, que mais uma vez surpreendeu positivamente os analistas. A empresa reportou lucro líquido de R$ 140,7 milhões, alta de 94,5% ante o mesmo período do ano passado e acima da maior projeção compilada pela Bloomberg de R$ 132 milhões. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou em R$ 312,4 milhões, resultado 32,5% acima do segundo trimestre de 2017.

"Olhando o que esperávamos um ano atrás e comparando com agora, erramos feio de novo. Mesmo acompanhando companhia há muito tempo e esperando performance operacional forte, a empresa continua nos surpreendendo", disse Henrique Bredda, gestor da Alaska Asset Management e um dos maiores acionistas individuais do Magazine. Segundo os analistas do Brasil Plural, o lucro surpreendente da companhia, em um trimestre afetado pela greve dos caminhoneiros, mostra que a empresa está "muito à frente de seus concorrentes".

Veja mais:
Magazine Luiza surpreende fundo que mais 'lucrou' com a empresa na bolsa: ''erramos feio''
- Magazine Luiza: golaço na Copa e os motivos que explicam o resultado surpreendente da empresa
Magazine Luiza salta 6% após resultado surpreendente; Petrobras sobe com alta do petróleo

Quer aproveitar o bom momento da empresa e ainda pagar a menor corretagem do Brasil? Clique aqui e abra sua conta na Clear

Assim como a varejista, a Marcopolo (POMO4) surpreendeu positivamente o mercado com operacional acima do esperado.  A receita líquida avançou 47,3%, para R$ 1,1 bilhão, acima da maior projeção compilada pela Bloomberg de R$ 1 bilhão. O Ebitda atingiu R$ 107,7 milhões no segundo trimestre, alta de 127,2% sobre o mesmo intervalo de 2017 e acima do esperado (R$ 81,7 milhões).

Do outro lado, o resultado da Multiplus (MPLU3) foi considerado fraco pelos analistas em todas as principais linhas, com o lucro líquido recuando 41% frente ao segundo trimestre do ano passado. Por conta disso, BTG e Credit Suisse reduziram o preço-alvo das ações para R$ 27 e R$ 25, respectivamente.

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 MGLU3 MAGAZ LUIZA ON 146,20 +5,94 +82,75 142,46M
 BTOW3 B2W DIGITAL ON 33,30 +2,62 +62,44 6,28M
 VALE3 VALE ON EDJ 53,49 +2,08 +38,24 214,37M
 CCRO3 CCR SA ON 10,82 +1,50 -31,90 16,24M
 GOLL4 GOL PN N2 14,57 +1,46 -0,21 9,92M

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 FLRY3 FLEURY ON EJ 27,67 -1,71 -3,31 1,36M
 IGTA3 IGUATEMI ON 33,28 -1,63 -13,92 9,26M
 ELET6 ELETROBRAS PNB 18,93 -1,15 -16,61 4,31M
 EMBR3 EMBRAER ON 18,42 -1,13 -7,45 6,16M
 KLBN11 KLABIN S/A UNT ED N2 19,40 -0,97 +12,97 2,85M
* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)

Criptomoedas na IMTV

O Bloco Cripto desta terça, apresentado por Rodrigo Tolotti e Safiri Félix, irá debater o futuro do Bitcoin como uso de pagamento, explicando a recente notícia de que o Starbucks iria começar a aceitar a criptomoeda pagar o pagamento de cafés, o que foi desmentido nos últimos dias. Além disso, a dupla irá comentar a recente queda dos preços e um anúncio que pode facilitar o lançamento do primeiro ETF de Bitcoin. O programa vai ao ar às 14h15, ao vivo, na InfoMoneyTV e no Facebook

Notícias do dia

Na última segunda-feira (6), o TRF-4 negou o pedido do PT para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participasse do debate da TV Bandeirantes na quinta-feira (9). Além disso, a defesa de Lula apresentou sua desistência do recurso no qual pedia que ele aguardasse em liberdade o julgamento de recursos contra sua condenação na Operação Lava Jato. O caso poderia ser julgado nesta semana pela Corte. O movimento da defesa de Lula foi estratégico, uma vez que uma decisão contrária ao petista neste momento obrigaria o partido a colocar outro candidato no lugar dele. Com a questão indefinida na Justiça, Lula ganha tempo para se apresentar como presidenciável e tentar que sua candidatura seja autorizada pela Justiça Eleitoral. 

Do outro lado, a indicação de Fernando Haddad a vice de Lula pode trazer problemas. Segundo a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, o reconhecimento público de que a vaga de vice, na verdade, será de Manuela d’Ávila (PC do B), preocupa assessores do PT. Segundo o jornal, existe o temor de que o acerto político fragilize de tal maneira a argumentação jurídica a favor do registro da candidatura do petista, que a ofensiva no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) ganhe ares de “causa fake”. Se o PT decidir ir à Justiça para garantir a presença de Haddad nos debates, a situação com o TSE pode ficar ainda pior. Por enquanto, essa é a intenção demonstrada pelo PT, caso não consiga que Lula participe de debates. 

Os debates dão o que falar também com outros candidatos. João Amoêdo, do Novo, não foi convidado pela Band por sua baixa intenção de voto nas pesquisas e não ter uma grande bancada no Congresso. Por isso, foi criado um abaixo-assinado no último sábado (4). A lista já tinha, até a tarde desta segunda-feira (6), cerca de 89 mil assinaturas.

No noticiário internacional, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou um decreto reimpondo várias sanções ao Irã. Trump destacou que sua estratégia é elevar ao máximo a pressão econômica sobre o país e ressaltou estar aberto a um acordo mais amplo com o Irã, que não se limite ao programa nuclear e englobe todas "as atividades malignas" do regime, incluindo os apoios dados a governos e grupos na região.

Contato