Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa inspira cuidados

Embora a tendência de curto prazo seja de alta, é preciso monitorar o índice até o fim da semana, diz o analista Giba Coelho

SÃO PAULO - Após saltar de 69.000 para quase 76.000 pontos, o Ibovespa começa a perder força. O analista técnico Gilberto Coelho Junior, o Giba, vê com preocupação os cenários mais prováveis para a próxima semana, com especial atenção para Gerdau (GGBR4), Usiminas (USIM5), CSN (CSNA3) e Petrobras (PETR4), que também estão perdendo força.

“O Ibovespa está perigoso, depois de uma longa sequência de altas”, disse ele, no programa Operações com Giba desta quarta-feira (11). “A princípio, a correção vem na região dos 72.600 pontos”, prosseguiu ele, acrescentando que o ideal seria o índice subir para a casa dos 79.000 pontos e que, até o fim da semana, é preciso ter muito cuidado com o IBOV. “Por enquanto, a tendência de curto prazo é de alta, mas tem muita coisa ainda para a gente monitorar.”

Assista, abaixo, ao programa Operações com Giba.

Contato