Em mercados / acoes-e-indices

Estrangeiros vendem R$ 5,9 bi em junho na Bolsa e registram quarta maior saída na década

Na contrapartida, segmento pessoa física registrou saldo positivo de R$ 1,13 bilhão no mês passado

Homem perdendo dinheiro
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O saldo dos investidores estrangeiros no segmento Bovespa encerrou junho negativo em R$ 5,93 bilhões, a quarta maior saída de capital da Bolsa em uma década, perdendo apenas do registrado em 31 de maio deste ano (R$ 8,43 bilhões) e dos meses de junho e julho de 2008, quando os "gringos" retiraram R$ 7,62 bilhões e R$ 7,41 bilhões, respectivamente.

O saldo negativo no mês passado pelos estrangeiros foi resultado de vendas que somaram R$ 142,25 bilhões, contra compras que atingiram R$ 136,32 bilhões. Com 51% de participação nas negociações na bolsa brasileira, segundo os últimos dados publicados pela B3, acompanhar as movimentações dos estrangeiros sempre foi um bom indicativo sobre a tendência do Ibovespa, tendo em vista que cerca de metade de todas as transações efetuadas partem desses investidores.

Na contrapartida, os investidores institucionais acumularam em junho fluxo positivo de R$ 871,98 milhões, com vendas de R$ 76,62 bilhões e compras atingindo R$ 77,49 bilhões. No mesmo ritmo, o segmento pessoa física registrou saldo positivo de R$ 1,13 bilhão, com as posições vendidas de ações somando R$ 39,59 bilhões, enquanto as compradas em R$ 40,72 bilhões. Vale lembrar que o saldo divulgado pela B3 tem atraso de 2 dias.

 

Contato