Em mercados / acoes-e-indices

Vem aí a nova temporada de Os Antifrágeis

Sucesso da InfoMoney TV, série retorna abordando em 12 episódios o tema Pele em Risco, um dos principais conceitos da obra de Nassim Taleb, que ensina investidores a se beneficiar de cenários caóticos

Os Antifrágeis
(InfoMoney)

SÃO PAULO - A guerra comercial entre Estados Unidos e China e seus impactos na economia global; a incerteza sobre a definição do futuro presidente do Brasil; a recente escalada do dólar frente a moedas de emergentes. Todas essas situações geram forte volatilidade nos mercados financeiros, deixando os investidores com um pé atrás na hora de realizar suas operações.

Nem todos, porém, são impactados da mesma forma, justamente porque sabem tomar as melhores decisões em cenários de instabilidade.

É disso que vai tratar a nova temporada de Os Antifrágeis, série da InfoMoney TV a ser veiculada toda quarta-feira, às 16 horas, a partir de 11 de julho, com os economistas Luiz Fernando Roxo e Richard Rytenband.

Serão, ao todo, 12 capítulos, sob o guarda-chuva Pele em Risco (“Skin in the Game”, no original, em inglês), título de livro e um dos principais conceitos da obra do líbano-americano Nassim Taleb — trader que fez dinheiro com opções e se tornou um dos mais influentes e autores do mundo com livros que reúnem conhecimentos sobre matemática, estatística, filosofia e psicologia nas finanças.

O termo antifrágil faz referência à obra de Taleb. É uma estratégia por meio da qual o investidor perde dinheiro seguidamente, mas, em algum momento, é recompensado por um ganho exponencial, atrelado a um acontecimento de rara probabilidade (e, logo, imprevisível).

Não por acaso, diz Roxo, um dos episódios vai falar sobre opcionalidades ocultas, “uma das poucas maneiras de garantir exposição ao risco no mercado financeiro”. “Isso significa poucas perdas, se o mercado ficar do jeito que todo mundo acredita. Mas, quando acontecer um evento extremo [um cisne negro, como descreve Taleb], gera um rendimento enorme, que paga o que você perdeu”, comenta Roxo. “A gente se beneficia da incerteza, do caos”, afirma Rytenband.

Gerenciamento de Risco

Rytenband lembra que, para sobreviver em um mundo que não entendemos em todas as suas variáveis, é preciso utilizar as ferramentas adequadas, próprias para volatilidades e que passam longe das séries históricas, estatísticas e metodologias analíticas corriqueiras.

Segundo ele, são duas as vertentes exploradas por tais ferramentas. A primeira visa à preservação do patrimônio enquanto a segunda busca, precisamente, beneficiar-se do caos gerado por cenários de incertezas. “Muitas pessoas vão ficar pelo caminho nas próximas crises que estão por vir”, alerta ele, “por não usarem essas ferramentas, que a gente vai mostrar na série”.

Desafiando queridinhos

A nova temporada de Os Antifrágeis deverá também trazer à tona algumas polêmicas, como uma provocação ao cerne da teoria econômica moderna. “A gente vai mostrar, por exemplo, um conceito matemático que não é adequado e, mesmo assim, vem sendo utilizado por séculos, além das limitações das finanças comportamentais, que viraram ‘queridinhas’, mas possuem inconsistências matemáticas muito graves, que não permitem certas generalizações feitas por autores como Richard Thaler (vencedor do Nobel de Economia de 2017)”.

Um rol de convidados especiais deverá apimentar ainda mais o debate — entre eles o próprio Taleb, que esteve no Brasil no ano passado.

Rytenband ressalta que a linha desta terceira temporada de Os Antifrágeis é extremamente prática, a fim de que os espectadores enxerguem os cenários, apliquem as ferramentas e se beneficiem. “Vai ser skin in the game do primeiro ao último episódio”, promete o economista. “Os conceitos são práticos: fugir do risco médio, estratégia Barbell (que ajuda o investidor a entender como ganhar ou, pelo menos, amenizar os efeitos devastadores de um “cisne negro”), compreensão das minorias… Tudo isso vai servir para a tomada de decisão”, emenda Roxo. “A gente só acredita naquilo que é prático e se prova ao longo do tempo”, completa o colega.

Quando
Os Antifrágeis
Estreia: quarta-feira (11/7)
Horário: 16h 
Apresentação: Luiz Fernando Roxo e Richard Rytenband

 

Contato