EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em mercados / acoes-e-indices

As 6 ações que se tornaram atrativas em meio à tempestade na Bolsa, segundo o JPMorgan

O relatório do banco levou em consideração o possível desempenho das empresas no contexto de um crescimento econômico reduzido, depreciação do real, e alta na curva de juros futuros  

Raio - Tempestade
(ShutterStock)

SÃO PAULO - Após uma sequência de dias em que quase nenhuma ação na carteira teórica do Ibovespa escapou das baixas, a equipe de análise do banco americano JPMorgan identifica 6 papéis classificados como portos seguros que despontam como opções interessantes de investimento, apesar do cenário nacional incerto.

As recomendações de compra são, por ordem de preferência: Rumo (RAIL3), Localiza (RENT3), CCR (CCRO3), Ecorodovias (ECOR3), Locamerica (LCAM3) e Smiles (SMLS3). 

O relatório do banco levou em consideração o possível desempenho das empresas no contexto de um crescimento econômico reduzido, depreciação do real, e alta na curva de juros futuros. As companhias aéreas devem ser as mais afetadas pela moeda nacional mais fraca; enquanto um PIB mais baixo deve prejudicar todas as empresas sob cobertura, com destaque para as locadoras de veículos, as companhias aéreas e concessionárias de rodovias, cuja demanda tem maior correlação com a atividade econômica.

Contudo, destacam os analistas, os sistemas mais sofisticados e a consolidação do mercado  têm permitido que essas empresas forneçam sólidos números de expansão de volume mesmo em anos de contração do PIB ou de expansão mais modesta. Enquanto isso, dada a sua posição líquida de caixa, os programas de fidelidade poderiam eventualmente se beneficiar de um aumento da Selic, com o JPMorgan destacando a preferência pela Smiles.

Confira a análise feita sobre cada uma das ações:

1. Rumo
Os analistas consideram que, dos 6 nomes indicados, a operadora de ferrovias Rumo é a menos afetada pelas recentes altas no dólar, podendo até ser beneficiada, já que transporta commodities cuja exportação se torna mais atraente nesse novo cenário para a câmbio. A crise gerada pela recente greve dos caminhoneiros também deve criar um sentimento favorável a investimentos em ferrovias, no sentido de reduzir a dependência nas rodovias.

2. Localiza

O relatório defende que a Localiza age como de definidora de preços no mercado, por ter liderança dentre as locadoras de veículos. Isso lhe confere maior habilidade para navegar eventuais altas na taxa de juros. Além disso, o banco aponta que o ROIC (Retorno sobre o Capital Investido) da empresa está atualmente acima de seu custo de capital, diferentemente das outras locadoras. 

3. CCR e 4. Ecorodovias

Frequentemente comparadas com títulos de renda fixa, as concessionárias CCR e Ecorodovias apresentam hoje TIRs (Taxa Interna de Retorno) bem mais atraentes depois da queda recente dos ativos, na visão dos analistas da JPMorgan. Dentre as duas, a CCR apresenta balanços mais fortes e a possibilidade de agregar mais valor através da aquisição de empresas importantes, como a Invepar. Por outro lado, a Ecorodovias tem contratos mais longos, o que ajuda a elevar a sua atratividade. 

5. Locamerica

A aquisição da Unidas pela Locamerica torna dela a segunda maior locadora de veículos no País. A compra abre a possibilidade de sinergias entre as empresas, e o JPMorgan considera que a companhia tem aproveitado o momento e mais ainda pode estar por vir. Além disso, assim como a Localiza, ela tem o potencial de se beneficiar de uma recuperação da demanda, mesmo com o PIB vindo mais baixo do que inicialmente esperado. 

6. Smiles

Os últimos tempos não foram fáceis para a Smiles, que sofre com questões sobre a sua governança corporativa e preocupações sobre a saúde financeira de sua empresa-mãe Gol (GOLL4). No entanto, o banco avalia que a queda de 40% nos papéis da SMLS3 registrada desde março já precifica esse cenário, marcando uma boa oportunidade de compra em um cenário em que a companhia deve continuar entregando  margens saudáveis. "Nós vemos a empresa estrategicamente bem posicionada em um mercado crescente e subpenetrado, enquanto consideram a equipe de gestão excepcional. 

Contato