Em mercados / acoes-e-indices

Em NY, a "euforia é em dobro": índice de ADRs salta 5% e papéis da Petrobras disparam até 10%

Maioria pela condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva impulsionou os papéis também no exterior

Gráfico ações
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Enquanto o Ibovespa chegou a disparar 3,63% logo após o desembargador Leandro Paulsen confirmar a maioria pela condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso triplex, a "festa" no exterior é ainda maior. 

Em Nova York, o ETF (Exchange Traded Fund) EWZ iShares MSCI Brazil Capped, que representa os papéis com maior peso no Ibovespa, registrava alta de 4,58%, enquanto o índice Dow Jones Brazil Titans 20, que reúne os 20 ADRs mais líquidos de empresas brasileiras tem alta de 4,54%. 

 Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

Já os ADRs da Petrobras (PETR3;PETR4) chegaram a subir 10%. Às 17h13 (horário de Brasília), a alta dos papéis era de 7,34%, a US$ 12,94 enquanto que, no mesmo horário, os ativos PETR3 subiam 5,78%, a R$ 20,49, enquanto os papéis PETR4 avançaram 5,30%, a R$ 19,26. Na máxima do dia, os ativos da petroleira chegaram a subir 8%. 

Os ADRs da Eletrobras (ELET3;ELET6) avançam 7,89%, a US$ 6,02, enquanto os ativos na B3 também sobem mais de 7%.

Veja os destaques da B3 nesta quarta clicando aqui

 

Contato