Em mercados / acoes-e-indices

Vale rebaixada e 3 ações elevadas, prévias operacionais, recorde de produção da Petrobras e mais destaques

Confira os destaques do noticiário corporativo desta terça-feira (16)

Navio Vale

SÃO PAULO - O noticiário corporativo é bastante movimento, com atenção para as recomendações de ações do Bradesco BBI e do Itaú BBA para, respectivamente, construtoras e Braskem. Prévias operacionais do quarto trimestre de Direcional e Multiplan, tentativa de furto de combustível causando vazamento de oleoduto na Petrobras e mais destaques. Confira:

Vale (VALE3)
Os ADRs (American Depositary Receipts) tiveram a recomendação reduzida para manutenção pelo Deutsche Bank. Ainda no radar da companhia, a mineradora informou  que prevê fazer assembleia geral ordinária de acionistas em 13 de abril.  

Construtoras
Em relatório, o Bradesco BBI apontou que as construtoras voltadas para a classes média e alta devem começar a melhorar consistentemente em 2018. Neste cenário, a Even (EVEN3) foi elevada para outperform com preço-alvo de R$ 7,00, enquanto a Cyrela (CYRE3) foi elevada para neutra com preço-alvo de R$ 14. Enquanto isso, MRV (MRVE3) e Tenda (TEND3) são as top picks do banco. 

Essas duas companhias de baixa renda são a melhor alternativa de investimento no setor de construção de casas, "tendo em vista barreiras à entrada, ganhos de escala e forte demanda no segmento de baixa renda", afirmam os analistas. Por outro lado, ganhar alguma exposição a companhias de renda média-alta é "outra forma atraente de investir na recuperação esperada em todo o setor". Even é a companhia preferida do banco no setor de média e alta renda, pois está melhor posicionada para uma recuperação, dados os múltiplos, a liquidez do estoque e o banco de terrenos.

Siderúrgicas e mineradoras
O Bradesco BBI também apontou preferir siderúrgicas a mineradoras em 2018. 
As top picks do Bradesco BBI para 2018 na região são Usiminas (USIM5), Nexa e Ternium, de acordo com um relatório escrito por analistas liderados por Thiago Lofiego.

O banco prevê volatilidade em 2018, especialmente no segundo semestre, com eleições no México e no Brasil e processo de desalavancagem da economia chinesa. O foco em múltiplos atrativos e companhias com potencial de crescimento sólido; siderúrgicas devem manter margens saudáveis. "Os investidores devem ser seletivos, já que os múltiplos em alguns casos já atingiram níveis justos, como é o caso da Gerdau". As margens e expansão do fluxo de caixa livre das siderúrgicas serão impulsionadas pela combinação de cenários benignos de preços do aço global, recuperação da demanda doméstica, principalmente no Brasil e na Argentina, mas também no México. O mercado brasileiro de aço plano deve continuar superando o de aço longo, que depende de setores como infra-estrutura e imobiliário, que começarão a crescer somente em 2019. O Bradesco BBI reafirmou a recomendação de outperform para Usiminas e Ternium e neutra para Gerdau (GGBR4).

Braskem (BRKM5)
A Braskem teve a recomendação elevada a ’outperform’ pelo Itaú BBA com preço-alvo de R$ 55.

Direcional (DIRR3)
A Direcional divulgou prévia operacional apontando que, em todo o ano de 2017, as vendas líquidas da companhia atingiram R$ 807 milhões, alta de 80% na base anual. Já os lançamentos no quarto trimestre foram de R$ 451 milhões em 10 empreendimentos, todos do Minha Casa, Minha Vida. No ano, os lançamentos tiveram VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 980 milhões, crescimento de 28% sobre 2016.

Em relatório, o Itaú BBA apontou sólidos resultados operacionais e possui uma visão positiva para a empresa baseada em condições favoráveis em relação ao Minha Casa Minha Vida e limitado risco de downside do preço em relação ao ook value, especialmente considerando o desconto em relação aos pares no segmento de baixa renda. A recomendação é outperform com preço-alvo de R$ 7,40.

Multiplan (MULT3)
A Multiplan também divulgou prévia, apontando alta nas vendas nos shoppings de 6,8% em 2017. Já as vendas em mesmas lojas nos shoppings administrados pela Multiplan subiram 5,2% em 2017. A taxa média de ocupação no ano ficou em 97,4%.

Em relatório, o Itaú BBA apontou ver ano sólido, apesar de vendas mesmas lojas mais fracas que o esperado no quarto trimestre; “apesar de ação poder se beneficiar de queda nos juros e retomada mais rápida que a esperada nas
vendas de varejo, mantemos visão mais conservadora devido a potencial de alta relativamente limitado”. O banco mantém recomendação market perform, com preço-alvo de R$ 77,90.

Eletrobras (ELET3;ELET6)
A Advocacia-Geral da União (AGU) e a Câmara dos Deputados recorreram nesta segunda-feira, 15, ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar derrubar a decisão que suspendeu a Medida Provisória 814/2017, que permite a privatização da Eletrobrás e subsidiárias. Segundo informa o Estadão, para analistas, uma possível batalha jurídica, aliada a dificuldades do Planalto em aprovar a reforma da Previdência no Congresso, podem deixar a venda da elétrica para o próximo governo. 

A Eletrobras ainda anunciou que venderá parcialmente as suas ações (63%) na Energisa Mato Grosso (EMT) para a Energisa (ENGI11). A Eletrobras não vendeu toda a participação pois está como garantia em alguns processos. "Esse é um movimento importante para a Energisa. Se a venda fosse total, poderia adicionar cerca de R$ 1,70 por ação para a ENGI11. Boa notícia para Energisa e sem dúvida um passo importante para a Eletrobras que finalmente está vendendo ativos", afirma o BTG Pactual em relatório. 

Petrobras (PETR3;PETR4)
 A Petrobras comunicou no fim da tarde desta segunda-feira (15) que foi constatado pela Transpetro uma tentativa de furto de combustível em um oleoduto da companhia localizado no município de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

A companhia não deu nenhuma informação sobre quem tentou furtar o combustível, mas ressaltou que o evento causou um vazamento de diesel nos rios Tinguá e Iguaçu. "A companhia interrompeu imediatamente as operações do duto e o vazamento foi contido ainda pela manhã", informou a estatal em nota.

Equipes de emergência foram acionadas e estão trabalhando para recolher o produto. O volume total vazado, segundo a Petrobras, ainda está sendo estimado pela Transpetro e autoridades ambientais. O reparo no duto e os trabalhos de remoção continuarão pelos próximos dias.

A Petrobras ainda informou que a produção média de petróleo da companhia no Brasil atingiu, pelo quarto ano consecutivo, um recorde histórico: alcançou, em 2017, a marca de 2,15 milhões de barris por dia (bpd), 0,4% acima do resultado do ano anterior. Pelo terceiro ano seguido, a companhia cumpre com sua meta de produção. 

"A produção própria de gás natural da Petrobras atingiu, em 2017, volume inédito de 79,6 milhões de metros cúbicos por dia. Com isso, a produção total no país chegou a 2,65 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed), volume 0,9% superior a 2016. Essa marca também constitui um novo recorde para a Petrobras", informou a empresa.

Embraer (EMBR3)
A Embraer cumpriu o guidance ao entregar um total de 210 jatos em 2017, sendo 101 comerciais e 109 executivos, e fechou o ano com uma carteira de pedidos firmes de 18,3 bilhões de dólares. Em 2017, foram entregues 72 jatos executivos leves e 37 grandes sendo que, no último trimestre do ano, a Embraer entregou 23 jatos comerciais e 50 executivos, sendo 32 leves e 18 grandes.

“O volume de entregas ficou dentro da estimativa estabelecida para o ano que era de 97 a 102 jatos comerciais, de 70 a 80 jatos executivos leves e de 35 a 45 jatos executivos grandes”, disse a companhia.

Segundo a XP Investimentos, em geral, os números vieram dentro das expectativas, com o número de jatos comerciais pesados entregues no trimestre na ponta positiva, mas entrega de jatos comerciais leves pouco abaixo do esperado. "O backlog apresentou queda moderada em 2017, o que em parte está relacionado com a transição da linha de jatos antiga para jatos E-2. Vale relembrar que o lançamento da nova linha será disperso, e deverá iniciar já no primeiro semestre de 2018", informou a empresa.     

Minerva (BEEF3)
A Minerva informou que Edison Ticle de Andrade Melo e Souza Filho deixará o cargo de diretor de finanças da companhia a partir de 29 de janeiro de 2018. "Edison Ticle ingressou na Minerva em fevereiro de 2009 e assumiu o cargo de Diretor de Finanças em abril de 2010, tendo participado ativamente no desenvolvimento, evolução e gestão das estratégias financeiras, de negócios e de operações da companhia", informou a Minerva.

Dommo Energia (DMMO3)
A produção de petróleo da Dommo, ex-OGX, em dezembro foi de 173.057 barris. O resultado refletiu produção do Campo de Tubarão Martelo, segundo comunicado da Dommo Energia. 

(Com Agência Estado) 

 

 

Contato