Em mercados / acoes-e-indices

Hora da decisão: Ibovespa confirmará OCO ou retomará sua tendência de alta de curto prazo?

Mercado definirá seu rumo diante do teste de 74.318 pontos

Trader
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Com a perda de 74.318 pontos na última quarta-feira (27), o Ibovespa confirmou um OCO (Ombro-Cabeça-Ombro) pelo gráfico de 60 minutos (confira a análise neste link), mas deveria encontrar maior pressão de compra ao teste da média móvel exponencial de 21 dias por conta da sua tendência principal de alta, movimento confirmado nesta sexta-feira com a alta de 1% e o repique até a "linha de pescoço" do padrão de baixa, o que já era esperado e será decisivo para o rumo do mercado em outubro.

Caso permaneça abaixo de 74.318 pontos na próxima semana e deixe para trás 73.125 pontos, mínima cravada na última quarta-feira, o padrão de reversão irá prevalecer em detrimento da tendência de alta de curto prazo, já que deixará para trás a média móvel exponencial de 21 dias, abrindo caminho para buscar o objetivo do OCO na região de 72 mil pontos.

Entretanto, confirmando o rompimento de 74.318 pontos e voltando a negociar acima da faixa de 75 mil pontos, o padrão de baixa será anulado e a tendência de alta de curto prazo voltará a reinar no mercado, com a expectativa pelo rompimento de 76.419 pontos e a busca de novas máximas.

De olho na compra
Atento ao movimento do mercado, nesta sexta-feira o InfoMoney listou 4 ações (confira a análise) que sinalizaram reversão e que podem retomar sua tendência de alta. Entre os papéis, foi reforçada a recomendação de compra para as ações da RD (ex-Raia Drogasil; RADL3), que neste momento (às 16h12, horário de Brasília) sobem cerca de 3%.

 

Contato