Em mercados / acoes-e-indices

JBS paga prêmio na compra de gado; Petrobras paga R$ 1 bi para o Itaú e mais notícias no radar

Confira os principais destaques do noticiário corporativo da noite desta sexta-feira (2)

JBS - Bloomberg

SÃO PAULO - A semana termina com um noticiário agitado envolvendo grande empresas da bolsa, como a Petrobras, que informou ter feito um pré-pagamento de dívida para o Itaú no valor de R$ 1 bilhão, enquanto a JBS estaria comprando boi com prêmio após a publicação de delação dos irmãos Batista. Confira os destaques:

Petrobras (PETR3; PETR4)
A Petrobras realizou nesta sexta-feira o pré-pagamento total de uma Nota de Crédito à Exportação com o Banco Itaú, de R$ 1 bilhão e prazo de vencimento em 2020, informou a petroleira em uma nota ao mercado.

A companhia afirmou ainda que continuará avaliando novas oportunidades de gerenciamento dos seus passivos, visando à melhora do perfil de amortização e à redução do custo da dívida, levando em consideração as metas de desalavancagem previstas em seu Plano de Negócios e Gestão 2017-2021.

JBS (JBSS3)
A JBS tem pago prêmios de até R$ 3,00 por arroba nas compras de gado de fazendeiros que estão mais cautelosos após os recentes escândalos envolvendo os donos da companhia, disse Hyberville Neto, analista da consultoria Scot, em entrevista para a Bloomberg.

"A JBS tem sentido muita dificuldade em comprar bois para abate por causa das incertezas relacionadas à delação e aos acontecimentos recentes envolvendo a companhia", disse Neto. A empresa suspendeu a compra de gado para pagamento à vista no mês passado, tem comprado para pagamento em 30 dias, segundo o analista.

Bancos têm requisitado mais garantias dos fornecedores de gado da JBS no pagamento antecipado de recebíveis, disse Pedro de Camargo Neto, vice-presidente da Sociedade Rural Brasileira e pecuarista, para a agência de notícias.

No estado do Mato Grosso, produtores também informaram que os bancos estão restringindo o desconto antecipado de recebíveis a fornecedores da JBS, disse Luciano Vacari, diretor da Acrimat (Associação de Criadores de Mato Grosso). Em resposta por email, a JBS disse que pratica os valores de mercado para a aquisição da arroba do boi gordo.

BR Properties (BRPR3)
A BR Properties confirmou nesta sexta-feira que está em "em tratativas com seus assessores" para uma possível oferta de ações, de acordo com fato relevante.

A companhia disse, no entanto, que não há aprovação societária nem garantia de que a oferta acontecerá, nem de sua viabilidade. Não foram informados valores.

Nesta sexta-feira, o jornal O Estado de S.Paulo relatou que a companhia preparava uma oferta de ações de cerca de R$ 1 bilhão, a ser anunciada nos próximos dias.

 

Contato