Em mercados / acoes-e-indices

Percepção de Risco e a Governança Corporativa: os desafios para gestores e empresas no Brasil

Debate "Percepção de Risco e a Governança Corporativa" analisará a crise ética e de credibilidade que é enfrentada atualmente por diversas companhias do país.

SÃO PAULO - Diante da recessão da economia e do desafio de apresentar resultados sólidos seguindo as regras de compliance, gestores e empresas se deparam com diversas questões inerentes ao mundo corporativo. Investigações sobre desvios de recursos e pagamento de propinas também impõe a discussão sobre a conduta dos negócios e a relação entre público e privado no Brasil.

Especialistas de áreas distintas abordaram estes temas no debate "Percepção de Risco e a Governança Corporativa", que analisou a crise ética e de credibilidade que é enfrentada atualmente por diversas companhias do país.

O evento contou com a presença do economista e professor da FGV Arthur Barrionuevo, da FGV, do cientista político e professor do Insper Carlos Melo, e da diretora da GCA (Governança Corporativa Aplicada) e conselheira do IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa), Doris Wilhelm. O debate foi mediado por André Bodowski, da Diligent.

Assista à íntegra do debate no vídeo abaixo:

 

Contato