Em mercados / acoes-e-indices

Estreia na Bovespa, lucro de R$ 1,9 bi da Itaúsa e mais 2 balanços, Petrobras e mais 12 notícias

Confira os destaques da Bovespa na sessão desta terça-feira (14)

Petrobras
(Bloomberg)

SÃO PAULO - O destaque desta sessão fica para a estreia das ações da Hermes Pardini, além de um noticiário movimentado para a Petrobras. Três empresas divulgaram resultado: Itaúsa, Locamerica e Linx. Veja os destaques desta terça-feira (14):

Hermes Pardini
A Hermes Pardini tem primeiro dia de negociação na Bolsa, Na última sexta-feira,  a rede de laboratórios médicos  precificou a R$ 19 por ação em sua oferta inicial (IPO, na sigla em inglês). A oferta primária (ações novas) movimentou 187,272 milhões de reais, enquanto a secundária (papéis vendidos por atuais sócios da companhia) teve giro de 690,397 milhões de reais, perfazendo um total de 877,7 milhões de reais.

Petrobras (PETR3; PETR4)
A Petrobras, em resposta a um questionamento da Bolsa, informou que é parte em procedimentos arbitrais no Brasil, instaurados por investidores da Sete Brasil, relacionados à sua participação no Projeto Sondas, bem como em ação judicial na Corte Federal do Distrito de Colúmbia, em Washington D.C.

"As discussões estão em estágio inicial e, portanto, não há, no presente momento, qualquer pronunciamento de mérito dos tribunais arbitrais a respeito da controvérsia", disse a companhia. A Petrobras disse ainda que discorda das alegações apresentadas pelos investidores nos citados processos, e que atuará firmemente na defesa de seus direitos. 

Já o Santander destacou, em relatório, ver como "um dos catalisadores mais importantes para a ação da Petrobras a conclusão da reavaliação de seu contrato de Cessão de Direitos com o governo brasileiro”, segundo relatório assinado por Christian Audi e Gustavo Allevato. “Esperamos que este processo seja concluído logo”.  “Não obstante quão desafiador é prever com precisão o resultado, acreditamos que a Petrobras está bem posicionada, ao esperarmos que um preço mais baixo do petróleo seja usado como referência, o que implica que a empresa poderia receber, em vez de dever, barris de petróleo do governo”. 

Além disso, a  Marinha do Brasil autorizou na manhã de segunda-feira a Petrobras a retomar a operação da plataforma P-40, no campo de Marlim Sul, na Bacia de Campos, após ter sido interditada por uma inspeção no último dia 9, informou a petroleira em nota à Reuters. A plataforma passava por uma manutenção programada quando recebeu a inspeção de representantes da Marinha.

"A Marinha havia determinado que as atividades de manutenção das instalações não fossem realizadas enquanto a plataforma operava", disse a empresa, destacando que cumpriu as recomendações da Marinha e, após nova vistoria, a plataforma foi liberada para o retorno das operações. A Petrobras, entretanto, não detalhou os possíveis impactos à produção.

Itaú Unibanco (ITUB4)
Segundo o Valor Econômico, o Itaú Unibanco deve levar mais tempo que o esperado inicialmente para assumir os negócios de varejo do Citibank no Brasil. Passados quatro meses do anúncio da operação, os bancos ainda aguardam o aval do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para protocolar o pedido de análise do caso.

PDG Realty (PDGR3)
A PDG Realty disse que apresentará defesa sobre cobrança R$ 3,63 bilhões. A companhia tomou ciência de auto de infração lavrado pela Receita Federal para a cobrança bilionária em tributos supostamente incidentes sobre recursos creditados na conta em 2012. A empresa disse que apresentará defesa no prazo regulamentar. 

Emissão de ações
Em entrevista à Bloomberg, o diretor de equities do Santander André Rosenblit afirmou ver ano excepcional para emissões de ações no Brasil. A janela de médio e longo prazo foi aberta para ofertas de ações no Brasil e quantidade pode passar de 20 transações facilmente, chegando a R$ 30 bilhões neste ano, O ano pode ser excepcional para transações de forma geral, IPO, follow on e até operações de deslistagem. A liquidez global, mundo em crescimento e melhora dos resultados das empresas formam um cenário perfeito para investimento de longo prazo em bolsa.
No Brasil, aumento dos lucros deve chegar a 20% em 2017.  

Gol (GOLL4)
A Gol informou que sua demanda no mercado doméstico, medida em passageiros-quilômetros pagos transportados (RPK, na sigla em inglês), recuou 1% em janeiro, na comparação com igual mês de 2016. Em janeiro, a oferta doméstica em assentos-quilômetros oferecidos (ASK, na sigla em inglês) recuou 2,5%. Com isso, a taxa de ocupação doméstica registrou uma alta de 1,3 ponto percentual, chegando a 83,6%.

Já no mercado internacional, a demanda da Gol caiu 10,3% em janeiro, enquanto a oferta recuou 8,8%, levando a taxa de ocupação para 79,7%, numa redução de 1,3 ponto percentual em relação ao mesmo período de 2016. A demanda total da companhia recuou 2%, com a taxa de ocupação total do sistema da companhia ficando em 83,2%, alta de 1 ponto percentual.

Light (LIGT3) e Cemig (CMIG4)
As elétricas Neoenergia e Cemig negaram nesta segunda-feira que estejam negociando suas fatias na usina de Belo Monte, em esclarecimento após notícia do jornal O Estado de S.Paulo. A Neoenergia afirmou que não há qualquer proposta de alienação sendo analisada ou compromisso para eventual alienação de fatia na usina de Belo Monte.

O jornal publicou na sexta-feira que a hidrelétrica de Belo Monte está à venda, e que as empresas que compõem o bloco de controle da Norte Energia já contrataram o Bradesco BBI para buscar potenciais investidores.

Já a Cemig afirmou que pretende vender alguns ativos para reduzir sua alavancagem, mas afirmou que até a presente data não foi contratado assessor financeiro nem celebrado qualquer instrumento contratual, nem mesmo de caráter não-vinculante, com relação ao ativo referido reportagem. A Light, controlada pela Cemig, também afirmou em nota que "não foi assinado contrato com o Bradesco BBI, bem como com qualquer outro banco para assessoria em eventual alienação de participação detida pela companhia na sociedade Norte Energia, responsável pela construção e operação da usina hidrelétrica de Belo Monte." A fatia que estaria à venda é detida por Neoenergia, Cemig, Light, Vale, Sinobras, J. Malucelli e pelos fundos de pensão Petros (da Petrobras) e Funcef (da Caixa), que juntos têm 50,02% da Norte Energia, segundo o jornal.

Além disso,  a Cemig está recorrendo da decisão da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que considerou ilegal a indicação do assessor da ex-presidente Dilma Rousseff, Giles Azevedo, ao conselho da Light. O nome apresentado pela estatal mineira, que é do grupo de controle da Light, foi questionado por acionistas com base na Lei das Estatais (Lei 13.303/16).

A tese da Cemig cria uma saia justa. Ao contestar o veto à candidatura, a estatal afirma que ele afronta o decreto do governo federal que regulamentou a lei, publicado em 28 de dezembro, dia seguinte à decisão do regulador do mercado de capitais. Para a estatal mineira, a lei federal não traz limitação às indicações de conselheiros e diretores em empresas coligadas, como é o caso da Light.

O Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, apurou que o ruído entre a decisão da CVM e o decreto assinado pelo presidente Michel Temer pode levar a discussões sobre um possível ajuste do texto, para afastar contradições. Procurada, a CVM informou apenas que "o recurso impetrado (...) encontra-se com o diretor relator Pablo Renteria para análise e decisão". O Ministério do Planejamento diz que, até agora, há apenas uma decisão isolada da CVM, sem jurisprudência administrativa pacífica e que "as decisões da CVM têm validade tão somente para empresas de capital aberto".

Kepler Weber (KEPL3)
A Kepler Weber informou que, recebeu um ofício em que a CVM pede que a companhia informe sobre "a impossibilidade de unificação das duas modalidades de OPA pretendidas", na forma indicada pela AGCO. A AGCO pretendia lançar uma oferta pública unificada para cancelamento do registro e para adqurir o controle da Kepler Weber.

Embraer (EMBR3)
A Embraer escolheu A Wideroe como primeira operadora do E190-E2. A companhia aérea norueguesa receberá a primeira entrega do E190-E2 no primeiro semestre de 2018, disse John Slattery, presidente da unidade de aviação comercial da Embraer à Bloomberg. A Wideroe “tem uma enorme experiência técnica e operacional e isso foi muito atrativo para nós”, disse Slattery.

 O contrato com a norueguesa, maior cia. aérea regional da Escandinávia, é uma vitória para a Embraer, já que sua frota atual é composta inteiramente de turbo-hélices Dash 8 da Bombardier Inc., maior concorrente da Embraer na aviação comercial. “Estamos muito agradecidos e sabemos que mudar de fabricante é uma grande decisão”, disse Slattery. “Trabalhamos muito para garantir que vamos entregar a família dos E2 com uma enorme confiabilidade”.

Linx (LINX3)
A companhia de software para o varejo Linx teve lucro líquido ajustado de R$ 21,1 milhões no quarto trimestre de 2016, alta de 42,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado aumentou 7,2%, para R$ 33,6 milhões. A margem Ebitda ajustada, porém, passou para 25,5%, ante 25,7% um ano antes.

Segundo o vice-presidente financeiro e de relações com investidores da Linx, Dennis Herszkowicz, a maior parte do crescimento foi sustentada pela venda de ofertas complementares aos softwares principais para clientes da base da empresa, bem como lançamento de novas soluções

A receita operacional bruta totalizou R$ 150,6 milhões, alta de 8,4% ano a ano. A receita operacional líquida subiu também 8,4%, para R$ 132 milhões. A Linx encerrou 2016 com 43.966 clientes, ante 39,06 mil um ano antes.

O Santander espera reação de “neutra a positiva”aos dados; “não vemos grandes mudanças em nossa tese de
investimento após os números divulgados e vemos M&A como o principal catalisador para a ação”. Já o  Bradesco BBI espera “impacto ligeiramente positivo” à “desaceleração compreensível no crescimento da receita”; “atribuímos a desaceleração do crescimento à atividade econômica decepcionante". Além disso, o varejo teve seu pior ano na história; “em geral, acreditamos que os resultados permanecem sólidos e o arrefecimento do crescimento da receita está ligado principalmente a fatores exógenos. Esperamos um impacto ligeiramente positivo no LINX3”. 

Locamerica (LCAM3)
A  Locamerica teve lucro líquido de R$ 7,8 milhões no quarto trimestre de 2016, alta de 231% em relação a igual período de 2015, em meio à venda de seminovos e na melhora de margens.  A receita líquida da companhia atingiu R$ 188,9 milhões no trimestre, alta de 5,6% na comparação anual. O Ebitda ajustado subiu 6,8% no quarto trimestre, na comparação anual, para R$ 62,4 milhões. A margem Ebitda avançou a 63,7%, aumento de 5,5 pontos percentuais.

Itaúsa (ITSA4)
A Itaúsa reportou nesta terça-feira um lucro líquido consolidado de 1,9 bilhão de reais no quarto trimestre, alta de 7 por cento em relação mesmo período de 2015. A holding, que detém participação no Itaú Unibanco, Duratex, Elekeiroz e Itautec, lucrou 8,216 bilhões de reais no acumulado de 2016, queda de 8,7 por cento ante os 8,994 bilhões de reais apurados em 2015. O resultado de equivalência patrimonial recorrente foi de 2,273 bilhões de reais no quarto trimestre, superando em 17 por cento o de igual intervalo de 2015. A holding do Itaú ainda declarou pagamento de juros sobre o capital próprio adicional de R$ 0,16780 por ação. 

Equatorial (EQTL3)
A elétrica Equatorial Energia assinou na semana passada os contratos para a construção de sete lotes de linhas de transmissão de eletricidade, em concessões arrematadas pela companhia em um leilão realizado em outubro passado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), segundo comunicado da empresa nesta segunda-feira.

A Equatorial disse ainda que assinou contratos de engenharia, construção e montagem dos empreendimentos junto à AG Construções, à Andrade Gutierrez Engenharia e à Elecnor.

"Os referidos contratos EPC estabelecem pagamentos condicionados ao atingimento de metas (milestones) pré-estabelecidas e preveem mecanismos de incentivos para a antecipação do início de operação", disse a Equatorial no comunicado. O investimento estimado pela Aneel para a implementação das linhas é de R$ 3,9 bilhões.

A Equatorial, que controla as distribuidoras de energia Cemar e Celpa, no Maranhão e no Pará, disse que o ingresso no setor de transmissão "foi uma oportunidade de crescimento e diversificação de sua atuação no setor elétrico nacional, com rentabilidade adequada, risco controlado e previsibilidade de fluxo de caixa".

Qualicorp (QUAL3
A Qualicorp rebaixou a recomendação para as ações de outperform (desempenho acima da média) para neutra, com o preço-alvo de R$ 23,00. 

Brasil Kirin
A Brasil Kirin encerrou 2016 revertendo o prejuízo de 2015 em um lucro líquido de R$ 247 milhões, de acordo com o Japan GAAP. A companhia cresceu 3,5% em volume de vendas, sendo 1,3% em cervejas e 7,4% em refrigerantes. Como consequência, a receita bruta de vendas saltou para R$ 7,3 bilhões no ano passado, um aumento de quase 10% em relação a 2015. A receita líquida totalizou R$ 3,8 bilhões, soma 2,3% superior a do ano anterior. A companhia foi adquirida hoje pela Heineken, em uma operação que pode afetar a Ambev (clique aqui para saber como).

 Fras-le (FRAS4)
Daniel Raul Randon reunciou ao cargo de diretor-presidente da Fras-le, exercido interinamente, e deliberou ao
conselho eleger Sergio Lisbão Moreira de Carvalho, para completar o mandato unificado de um ano, dos demais diretores, eleitos em 6/maio/2016, segundo comunicado.

(Com Bloomberg, Agência Estado e Reuters)

 

 

Contato