Em mercados / acoes-e-indices

Donos do Itaú estão interessados em comprar a BR Distribuidora, diz Bloomberg

Segundo as informações, a operação pode envolver US$ 6 bilhões, sendo que alguns dos investidores avaliam criar um consórcio, disseram as fontes

Petrobras
(Alf Ribeiro / Shutterstock.com)

SÃO PAULO - A Itaúsa (ITSA4), holding de investimento das famílias Setubal e Vilella, e a Cambuhy Investimentos, empresa de private equity da família Moreira Salles, pretendem fazer uma oferta pela BR Distribuidora, disse a Bloomberg citando duas pessoas com conhecimento direto do assunto.

Além deles, a Vitol e as empresas de private equity GP Investimentos e Advent International também estudam fazer uma proposta, diz a agência de notícias. Segundo as informações, a operação pode envolver US$ 6 bilhões. Alguns dos investidores avaliam criar um consórcio, disseram as fontes.

Procuradas pela Bloomberg, Itaúsa, Cambuhy, Advent, Vitol e GP não quiseram comentar, assim como a Petrobras. Nesta segunda-feira (3), a petrolífera informou que deu início ao envio de prospecto sobre a BR Distribuidora a potenciais parceiros.

 

Contato