Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa cai pressionado por commodities e resultado do Itaú; dólar sobe após swaps

Mercado olha para noticiário corporativo e preocupações com a China, que viu mais uma retração na atividade industrial

Trader
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O Ibovespa tem baixa nesta terça-feira (3), pressionado pelo desempenho negativo das bolsas europeias e dos índices norte-americanos. No radar do investidor, o PMI (Índice Gerente de Compras) da China medido pela Caixin chegou ao 14º mês consecutivo de contração em abril. Com isso, o minério de ferro caiu 4,27% a US$ 63,41, o que impacta as ações da Vale. Para piorar, o resultado do Itaú Unibanco veio abaixo do esperado, com despesa para provisão chegando a R$ 7,23 bilhões no primeiro trimestre de 2016. No front político, o TCU (Tribunal de Contas da União) deve votar as contas da presidente Dilma Rousseff de 2015 no dia 15 de junho. 

Às 14h18 (horário de Brasília), o benchmark da bolsa brasileira caía 1,84%, a 52.574 pontos. Já o dólar comercial registra ganhos de 1,99% a R$ 3,5595 na venda, enquanto o dólar futuro para junho sobe 1,63% a R$ 3,591. No caso do câmbio, de 20.000 swaps reversos ofertados, o Banco Central conseguiu vender 9.600 contratos. No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2017 cai 1 ponto-base a 13,65%, ao passo que o DI para janeiro de 2021 tem alta de 9 pontos-base a 12,48%. 

Veja também: "Esqueça" a ação da Vale essa semana; Bolsa pode corrigir até os 51.000 pontos.

Segundo Adeodato Volpi Netto, head de Mercado de Capitais da Eleven Financial Research, a reação do mercado é principalmente puxada por duas ações que são muito pesadas no índice Ibovespa, justamente Itaú e Vale, mas no caso do banco, o movimento é exagerado. "O mercado não viu essa deterioração da economia, desaceleração dos setores e queda no emprego? Era óbvio que isso bateria forte na inadimplência", explica. Na sua avaliação, os investidores estão penalizando uma ação diante de um cenário que deveria ser o cenário-base de todo mundo. 

Sobre o minério ele acredita em um movimento semelhante. Para ele, houve uma valorização muito rápida, sem sustentação, que acabou sendo seguida pela nossa principal mineradora. "Acho que a reação de Vale é uma resposta à supervalorização recente", afirma. 

Comissão do Impeachment
Nesta terça, a Comissão Especial de Impeachment no Senado ouvirá, por sugestão dos governistas, os professores Geraldo Luiz Mascarenhas Prado, Ricardo Lodi Ribeiro e Marcello Lavenère. A sessão deve ser praticamente um aquecimento para a quarta (4), quando o relator do impeachment, Antonio Anastasia (PSDB-MG), apresentará o seu relatório pedindo a admissibilidade ou não admissibilidade do processo. A votação do relatório da Comissão ocorrerá na sexta (6). 

Produção industrial
Divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a Produção Industrial em março registrou uma queda de 11,4%, contra uma mediana das expectativas dos economistas de retração de 10,80% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Em fevereiro, a produção industrial sofrera uma contração de 9,80% na base anual. 

Ações em destaque
Entre as principais quedas estão as ações do Itaú Unibanco (ITUB4, R$ 30,42, -4,79%). O banco informou nesta terça-feira que teve lucro líquido de R$ 5,184 bilhões no primeiro trimestre, queda ante os R$ 5,733 bilhões em igual período de 2015 e ante os R$  5,689 bilhões referentes aos três últimos meses do ano anterior. O índice de inadimplência das operações vencidas há mais de 90 dias cresceu 0,4 ponto percentual sobre o trimestre anterior e 0,9 ponto percentual ante o mesmo período de 2015, a 3,9%. A despesa com provisão no primeiro trimestre passou de R$ 5,5 bilhões para R$ 7,23 bilhões. 

Já a Vale (VALE3, R$ 18,56, -6,59%; VALE5, R$ 14,79, -5,37%) também pressiona o Ibovespa, prejudicada pela baixa do minério de ferro. A commodity spot com 62% de pureza e entrega no porto de Qingdao registrou perdas de 4,27% a US$ 63,41 a tonelada seca. 

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia
 VALE3 VALE ON 18,56 -6,59
 BRAP4 BRADESPAR PN 7,96 -6,35
 GGBR4 GERDAU PN 7,15 -5,80
 USIM5 USIMINAS PNA ES 2,35 -5,62
 VALE5 VALE PNA 14,78 -5,44

 

As ações da Petrobras (PETR3, R$ 13,00, -2,03%; PETR4, R$ 9,85, -3,15%), seguem em queda, refletindo os preços do petróleo. O barril do WTI (West Texas Intermediate) cai 2,61% a US$ 43,61, ao mesmo tempo em que o barril do Brent tinha perdas de 2,27% a US$ 44,79. 

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód.AtivoCot R$% Dia
 CIEL3 CIELO ON 34,99 +4,20
 SUZB5 SUZANO PAPELPNA ED 13,51 +3,68
 ESTC3 ESTACIO PARTON ED 12,42 +1,64
 EMBR3 EMBRAER ON 20,45 +1,24
 ABEV3 AMBEV S/A ON 19,66 +0,77

 

Entre as altas estavam as exportadoras de papel e celulose. Fibria (FIBR3, R$ 30,35, +0,46%) e Suzano (SUZB5, R$ 13,51, +3,68%) operam na ponta positiva por conta do desempenho negativo do dólar. Por possuírem suas receitas na moeda norte-americana, essas empresas têm as suas rentabilidades reduzidas quando há desvalorização da divisa dos EUA ante o real. 

Dilma X Temer
Destaque para as notícias tanto sobre possíveis medidas a serem tomadas por Dilma Rousseff quanto por futuras medidas a serem tomadas por Michel Temer caso assuma a presidência. Após conversa com Temer ontem, o potencial ministro da Fazenda Henrique Meirelles afirmou que o País tem condições de honrar seus compromissos e diz que é preciso reverter a trajetória da dívida pública. Já no caso do governo Dilma, o ministro Armando Monteiro afirmou que pode anunciar medida para o setor industrial até sexta-feira, enquanto a Folha noticiou que a presidente estuda elevar o IR sobre lucro presumido e o Estadão destacou que o IOF poderá subir até 3% para a compra de dólar. Ainda no campo político, a Folha informa que o procurador-geral da República Rodrigo Janot deve pedir abertura de inquérito contra Dilma e Lula. 

 

Contato