Em mercados / acoes-e-indices

Vale é cortada pelo Morgan, Petrobras e mais 8 notícias no radar

Confira os principais destaques corporativos da manhã desta segunda-feira; a matéria será atualizada até a abertura da Bovespa às 10h (horário de Brasília)

Vale
(Bloomberg)

SÃO PAULO - A segunda-feira (23) inicia com noticiário corporativo agitado. Nos destaques, o esquema de corrupção na Petrobras (PETR3; PETR4) revelado pela Operação Lava Jato resultou em uma sonegação fiscal de, pelo menos, R$ 1 bilhão, apontaram cálculos preliminares da Receita Federal, informou o jornal O Globo.

Técnicos da Receita apontaram que esse valor deve crescer ainda mais já que não foi concluída, por exemplo, a análise das manobras que empreiteiras fizeram para pagar menos Imposto de Renda sobre obras superfaturadas, além das propinas, apontou a publicação. 

Ainda sobre a estatal, na próxima sexta-feira (27), o conselho de administração da companhia se reunirá, a pauta não foi revelada, o que se tem conhecimento é que a companhia pretende colocar executivos nos cargos dos ex-ministros Guido Mantega e Miriam Belchior. Além disso, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) se reúne nesta segunda-feira. A categoria não descarta realizar uma greve por mais segurança, após a explosão, no último dia 11, no navio-plataforma Cidade de São Mateus, na Bacia do Espírito Santo, que deixou seis mortos e três desaparecidos.

Vale
A Vale (VALE3; VALE5) teve sua recomendação rebaixada de equalweight (desempenho em linha com a média) para underweight (desempenho abaixo da média) pelo Morgan Stanley. 

Souza Cruz
A British American Tobacco, BAT, acionista controlador da Souza Cruz (CRUZ3), entrou nesta manhã com pedido para adquirir totalidade das ações da companhia. A operação será realizada por meio de uma OPA (Oferta Pública de Aquisição) para cancelamento do registro de companhia aberta, que sairá por R$ 26,75 por ação. O valor oferece um prêmio de 13,11% ao preço de fechamento do papel da última sexta-feira (23), mas de 30% sobre a média ponderada do preço de fechamento da ação no período de três meses encerrado em 20 de fevereiro. Atualmente, a BAT detém 24,7% das ações emitidas pela companhia.

BM&FBovespa
O UBS cortou o preço-alvo para 12 meses da BM&FBovespa (BVMF3), de R$ 11,00 para R$ 10,50, segundo relatório enviado ao mercado. De acordo com o documento, diante dos baixos volumes de negociação, da diversificação de receitas limitada e do pouco espaço para corte de despesas, pontos que são foco para este ano, e depois de observar os volumes de negociação neste início de ano, a instituição revisou seus modelos e reduziu também suas estimativas para o lucro por ação (EPS, na sigla em inglês) para 2015 e 2016 da companhia. 

Sabesp
A Sabesp (SBSP3) estuda pedir reajuste acima da inflação para equilibrar as contas, diz uma reportagem da Folha de S. Paulo deste final de semana. O principal argumento é o aumento do custo de energia elétrica que não estava previsto no plano de negócios da empresa, aprovado em 2014. 

Usiminas
Amanhã, a Justiça mineira julga requerimento da Ternium para recondução de três executivos afastados de seus cargos na Usiminas (USIM3; USIM5) em setembro, inclusive o então presidente da companhia, Julián Eguren. Eles foram destituídos pelo conselho de administração da siderúrgica em reunião sem consenso e que provocou um racha entre seus dois acionistas controladores, Ternium e Nippon Steel. A Nippon alega que os executivos receberam bônus de forma irregular, o que justifica as destituições. A Ternium nega e briga na Justiça de Minas Gerais sob a alegação de que houve quebra do acordo de acionistas, que prevê que para uma destituição é preciso haver consenso entre os acionistas do bloco de controle. 

Minerva
A Minerva (BEEF3) assinou a aquisição de 100% da Red Carnica, na Colômbia, por US$ 30 milhões. O Frigorífico Red Carnica é detentor de uma planta de processamento e abate de bovinos com capacidade para abate e desossa de 850 cabeças/dia e está estrategicamente localizado em uma região privilegiada da Colômbia.

Educação
No setor de educação, continuam as expectativas do mercado em relação à reversão das recentes mudanças no Financiamento Estudantil (Fies), que limitou os pagamentos às empresas em até oito parcelas anuais. Além disso, o Ministério da Educação (MEC) abre hoje o sistema para novos contratos do programa, voltado para o financiamento da graduação no ensino superior de alunos de instituições privadas. O Sistema Informatizado do Fies (SisFies) permanecerá aberto até o dia 30 de abril. Na Bolsa, destaques para Kroton (KROT3), Estácio (ESTC3), Anima (ANIM3) e Ser Educacional (SEER3). 

Fleury
A Core Participações, controladora indireta do Fleury (FLRY3), não vai mais vender sua participação na empresa. A decisão foi anunciada via fato relevante na noite desta sexta-feira (20). Contudo, parece que alguns investidores ficaram sabendo da notícia antes da CVM (Comissão de Valores Mobiliários). No pregão da sexta-feira, as ações da Fleury fecharam com desvalorização de 4,44%, fechando a R$ 13,76. Foi a maior queda dos papéis do laboratório na Bovespa desde 20 de janeiro e o menor fechamento desde 26 do mês passado. Outro detalhe: essas ações movimentaram R$ 6,0 milhões nesta sessão, o que é 4 vezes mais do que a média visto nos últimos 21 dias (clique aqui para ver o gráfico do desempenho de FLRY3).

A notícia deve causar um impacto negativo nas ações da empresa, pois desde o final de 2013 os investidores especulavam sobre a possível venda desta fatia. No entanto, a movimentação atípica dos papéis na Bovespa no último pregão antes do comunicado já é um bom indício de que isso pode ser bem mais do que simples coincidência - os altos e baixos vividos pela rede de laboratórios na Bolsa nos últimos meses são mais uma evidência de que a informação pode ter "vazado" antes da divulgação oficial.

Paranapanema
A Paranapanema (PMAM3) informou sobre um incêndio na fundição da linha Cost&Roll (tubos sem costura) localizada na unidade fabril de Utinga, em São André, São Paulo. O incêndio não deixou feridos. O prazo de interrupção da unidade apenas poderá ser determinado após trabalho de engenharia completo, informou a empresa.  

 

Contato