Em mercados / acoes-e-indices

BB cai mais de 6% após balanço; "small cap" dispara 35% em 9 dias

Acompanhe aqui a atualização dos principais destaques da Bovespa na sessão desta quarta-feira

Petrobras Bacia de Campos
(Agência Petrobras)

11h16: BR Malls (BRML3, R$ 18,23, -1,61%)
Dando continuidade à queda dos últimos dois dias, as ações da BR Malls operam no negativo nesta sessão após divulgação de balanço. O impacto negativo da Copa do Mundo em julho e a desvalorização do real ante o dólar pressionaram os resultados da BRMalls no terceiro trimestre, levando a uma queda do lucro líquido no período. O lucro líquido ajustado foi de R$ 123,6 milhões entre julho e setembro, queda de 3,7% em relação ao terceiro trimestre de 2013. A média das estimativas obtidas pela Reuters apontava para um lucro ajustado de R$ 97,4 milhões. 

11h13: TIM (TIMP3, R$ 13,19, -1,93%)
As ações da TIM caem após balanço do terceiro trimestre. O lucro líquido da operadora de telecomunicações subiu 10,6% no terceiro trimestre, impulsionado pelas receitas de dados que compensaram o impacto da redução da taxa de interconexão. A empresa teve lucro líquido de R$ 348,3 milhões no terceiro trimestre, frente a R$ 315 milhões no mesmo período de 2013. Analistas ouvidos pela Reuters esperavam lucro líquido de R$ 342 milhões no terceiro trimestre deste ano. 

Além do balanço, aparece no radar da empresa ainda a notícia de que investidores minoritários da Telecom Italia pediram nesta terça-feira que o Conselho do grupo considere uma potencial fusão de sua subsidiária brasileira, a TIM, com a operadora Oi (OIBR4). O grupo Asati, que diz representar cerca de 6 mil acionistas minoritários da Telecom Italia que têm uma participação de 1 por cento da empresa, disse em uma carta ao Conselho que um acordo deste tipo poderá incluir um aumento de capital "modesto".

10h54: Paranapanema (PMAM3, R$ 2,79, +6,90%)
Fora do radar dos investidores, seguem em forte alta hoje também as ações da Paranapanema. A companhia divulgou seu resultado na última sexta-feira (31) e surpreendeu positivamente o mercado. De lá para cá, os papéis já subiram 31%. Mas considerando o dia da divulgação, hoje completa a quinta alta seguida das ações da mineradora. 

A companhia mostrou uma boa evolução em seu processo de recuperação após registrar lucro de R$ 131 milhões entre julho e setembro. O resultado financeiro da empresa ficou positivo em R$ 112 milhões, contra uma perda de R$ 129,7 milhões um ano antes, o que contribuiu para a boa melhora na linha final de seu resultado. 

10h46: CSU CardSystem (CARD3, R$ 4,05, +6,58%)
As ações da "small cap" CSU CardSystem voltam a disparar nesta sessão, registrando sua nona alta consecutiva e acumulando no período valorização de 35%. Apesar dos ganhos, não há nenhuma notícia no radar da empresa. Na próxima sessão, a companhia divulgará seu resultado do terceiro trimestre, após o fechamento do pregão. 

10h39: Banco do Brasil (BBAS3, R$ 26,87, -6,54%)
As ações do Banco do Brasil registram queda acentuada nesta manhã depois de balanço do terceiro trimestre, contrariando a reação otimista registrada após resultados dos outros bancos grandes nos dias anteriores, como Itaú Unibanco (ITUB4), Bradesco (BBDC4) e Santander (SANB11). Em meio ao desempenho negativo do BB e a queda do Ibovespa, os papéis desses bancos também operam em baixa de 1,07%, 1,26% e 2,85%, respectivamente, a R$ 36,90, R$ 36,82 e R$ 13,65. 

O BB teve lucro líquido maior no terceiro trimestre sobre o mesmo período do ano passado, mas o resultado veio abaixo da média de projeções do mercado e a instituição reduziu a perspectiva para o crescimento de sua carteira de crédito em 2014. A maior instituição financeira do Brasil teve lucro líquido de R$ 2,78 bilhões entre julho e setembro, alta de 2,8% sobre o resultado obtido em 2013, mas recuo de 1,7% sobre o segundo trimestre deste ano.

10h25: Gerdau (GGBR4, R$ 11,61, +1,40%) e Metalúrgica Gerdau (GOAU4, R$ 13,98, +1,01%)
Entre as maiores altas do Ibovespa, destaque para as ações da Gerdau, que divulgou seu resultado do terceiro trimestre nesta manhã. A Gerdau teve lucro líquido de R$ 262 milhões no terceiro trimestre, queda de 59,2 % sobre o resultado obtido no mesmo período de 2013. A Metalúrgica Gerdau segue o desempenho e sobe mais de 1% neste pregão. Acompanham o movimento também as demais siderúrgicas da Bolsa: Usiminas (USIM5, R$ 5,88, +1,03%) e CSN (CSNA3, R$ 8,41, +0,60%).

Para a XP, o resultado da siderúrgica foi bem satisfatório, principalmente se levar em conta o cenário difícil que o setor enfrenta. "A diversificação geográfica (e bom desempenho nos Estados Unidos) tem promovido certa resiliência neste momento difícil para o setor", comentou.

10h20: Bematech (BEMA3, R$ 8,07, +3,46%)
As ações da Bematech sobem forte hoje após balanço do terceiro trimestre. A companhia registrou receita líquida de R$ 110,7 milhões no período, crescimento de 15,1% na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, enquanto o lucro líquido passou de R$ 13,9 milhões para R$ 15,3 milhões, crescimento de 13,7% na mesma base de comparação.  

10h05: Petrobras (PETR3, R$ 13,87, -2,67%; PETR4, R$ 14,35, -3,24%)
As ações da Petrobras caem forte sem anúncio do tão esperado reajuste dos combustíveis na véspera, quando o conselho de administração da companhia se reuniu. Em comunicado enviado ao mercado ontem, a estatal disse que, até aquele momento, não havia qualquer decisão sobre o reajuste. "O governo não aproveitou o voto de confiança que boa parte do mercado tem dado e ontem mostrou que não está próximo de seu slogan da campanha: 'Novo Governo, Novas Ideias'", comentou a XP Investimentos.  

 

Contato