Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa volta a subir, mas tem sessão mais tranquila após 2 sessões de "efeito Marina"

No exterior, o dia é positivo em meio ao alívio nas tensões geopolíticas; mercado deve seguir atento ao cenário eleitoral e início da propaganda eleitoral na TV

ações Bovespa
(Bloomberg)

SÃO PAULO - Depois de registrar leve queda na abertura, o Ibovespa voltou a subir na sessão desta terça-feira (19), logo após a abertura dos mercados norte-americanos. Os EUA, que já apontavam para um dia de alta, ainda contaram com dados de inflação para o consumidor, que ficou com a linha do esperado pelo mercado, e do setor imobiliário, que animou, com o Housing Starts e Building Permits ficando acima do esperado pelo mercado. Às 10h42 (horário de Brasília), o índice registrava ganhos de 0,29%, a 57.730 pontos.

Após duas fortes altas com as chances de Marina Silva ser candidata, o Ibovespa aponta para uma sessão mais tranquila, entre leves quedas e ganhos, entre o cenário externo e com o mercado de olho no novo cenário eleitoral. 

O mercado aproveitou a sessão de ontem para digerir os dados da pesquisa eleitoral do Datafolha - a primeira com Marina (PSB) substituindo Eduardo Campos. A pesquisa, divulgada nesta segunda-feira, mostrou Dilma Rousseff (PT) com 36% das intenções de voto para presidente, seguida de Marina (PSB), com 21%, e Aécio Neves (PSDB), com 20%.

Na simulação de um segundo turno, Marina, que deve ser apresentada oficialmente como presidenciável do PSB na quarta-feira, está numericamente à frente da presidente, com 47% de apoio, ante 43% de Dilma. Ainda que a diferença seja de quatro pontos porcentuais, as duas estão tecnicamente empatadas nos limites máximos da margem de erro de 2 pontos porcentuais para cima ou para baixo. Vale ressaltar que já foi registrada uma nova pesquisa com o nome de Marina Silva, desta vez realizada pela MDA em parceria com a CNT. Hoje, também teve início a propaganda eleitoral na rádio e na TV. Na sexta-feira, o índice já havia subido 2%, em meio às indicações de que Marina seria candidata, o que fortalece as sinalizações de um segundo turno. 

Já no exterior, os principais índices acionários do mundo sobem nesta sessão e estendem os ganhos pelo segundo dia consecutivo,refletindo os sinais de alívio nas tensões geopolíticas. As bolsas asiáticas seguiram o movimento positivo das ações norte-americanas, enquanto os índices da Europa abrem a sessão em alta, com investidores à espera de novas estímulos à economia da região pelo BCE (Banco Central Europeu).

Investidores seguem atentos à divulgação nesta quarta-feira da ata da reunião de julho da política monetária do Federal Reserve, banco central dos EUA, bem como eventuais comentários da cúpula do Fed em Jackson Hole, Wyoming, que começa na quinta-feira.

"Algumas autoridades do Fed têm falado sobre a necessidade de uma alta antecipada dos juros, portanto investidores também vão procurar se há uma tendência mais 'hawkish' na ata do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês)", disse a diretora-gerente da BK Asset Management, Kathy Lien.

MMX prestes a entrar em recuperação judicial
Nos destaques corporativos, a coluna Radar, da Veja, apontou ontem no final da tarde que a MMX Mineração, do empresário Eike Batista, está prestes a pedir recuperação judicial, assim como fizeram a antiga OGX Petróleo, agora Óleo e Gás Participações (OGXP3), e a OSX Brasil (OSXB3). 

Segundo a publicação, o pedido deve ocorrer até o final deste mês. Ontem, a companhia informou que Samir Zraick, membro independente do conselho de administração da empresa e presidente do Comitê de Auditoria da companhia, reeleito em assembleia geral ordinária realizada no dia 30 de abril e na reunião de administração ocorrida em 20 de setembro de 2013, respectivamente, renunciou, em 15 de agosto, aos cargos que ocupava na MMX. A eleição de um substituto de Zraick será oportunamente divulgada ao mercado, disse a empresa. As ações MMXM3 tem baixa de 5%.

Além disso, a Eletrobras (ELET3ELET6) informou na segunda-feira à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) que negociou R$ 3,2 bilhões em dívidas com a Petrobras (PETR3PETR4), referente a parte do débito existente com a Petrobras Distribuidora relacionado à compra de combustível para térmicas, sendo que R$ 452 milhões serão pagos à vista e o restante parcelado. O montante total da dívida das distribuidoras da Eletrobras com a Petrobras, na avaliação da estatal elétrica, é de cerca de R$ 4,9 bilhões. O dia é de estabilidade para os papéis nesta sessão. Os ativos da Petrobras têm volatilidade após duas fortes altas, e registram ganhos nesta sessão após abrir em queda. 

Já a CSN volta a ter alta de 1,69%, a R$ 10,81, após anunciar o sexto programa de recompra de ações da companhia. 

As maiores altas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, são: 

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia
 CSNA3 SID NACIONAL ON 10,81 +1,69
 KLBN11 KLABIN S/A UNT ED N2 11,37 +1,34
 ESTC3 ESTACIO PART ON 27,79 +1,13
 SBSP3 SABESP ON 20,48 +1,04
 GOAU4 GERDAU MET PN ED 15,15 +1,00



As maiores baixas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, são:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia
 MMXM3 MMX MINER ON 1,13 -4,24
 RSID3 ROSSI RESID ON 1,20 -1,64
 OIBR4 OI PN 1,21 -1,63
 BRFS3 BRF SA ON 57,22 -1,09
 EVEN3 EVEN ON 5,93 -1,00

 

Contato