Em mercados / acoes-e-indices

Ibope ofusca Fed e Ibovespa cai 0,31% em sua primeira semana negativa do mês

Índice repercute com pessimismo manutenção de cenário eleitoral e tensões no Iraque em dia de correção e encerra sequência de 2 semanas de ganhos

SÃO PAULO - Em meio a feriado de Corpus Christi e pregão com funcionamento reduzido por conta da Copa, o Ibovespa não conseguiu dar sequência às duas semanas de alta vistas anteriormente. Entre 16 e 20 de junho, o benchmark da bolsa brasileira registrou perdas de 0,31%, encerrando o período marcando 54.638 pontos, impactado pela maior aversão a riscos do mercado por conta da manutenção do cenário eleitoral, mostrado pela última pesquisa Ibope, e das preocupações com o Iraque.

Apesar de ter alcançado seu maior patamar do ano na última quarta-feira (18) - 55.202 pontos -, o índice teve uma sexta-feira (20) de realização de ganhos por boa parte do mercado e fechou com queda de 1,02%, sendo decisivo para as perdas acumuladas na semana. Nesta sessão, apenas 3 das 71 ações que compõem o Ibovespa driblaram o pessimismo na volta do feriado e fecharam com ganhos superiores a 1%. O giro financeiro na Bovespa nesta sessão foi de R$ 5,04 bilhões.

Na última quinta-feira (20), chamou atenção do mercado a divulgação da nova pesquisa CNI/Ibope. O levantamento mostrou uma estabilidade nas intenções de voto para a presidente Dilma Rousseff (PT), com leve alta de 1 ponto percentual - 38% para 39% -, enquanto Aécio Neves (PSDB) foi para 20%, queda de 2 pontos percentuais. Segundo dados da nova pesquisa, agora 31% dos brasileiros avaliam a gestão da petista como ótima ou boa, 5 pontos percentuais a menos no mesmo comparativo, o mesmo nível mínimo alcançado durante a Copa das Confederações e manifestações de junho do ano passado.

A manutenção do cenário apontado por outras pesquisas da corrida eleitoral frustrou parte dos investidores, que na véspera já sinalizavam um dia de perdas com vendas de ADRs de empresas brasileiras em Nova York. Nesta sessão, contribuíram para as quedas do índice as ações das estatais Petrobras (PETR3, R$ 17,56, -2,01%PETR4, R$ 18,70, -1,58%) e Eletrobras (ELET3, R$ 6,58, -5,60%ELET6, R$ 10,56, -2,76%), além das companhias dos setores elétrico, siderúrgico e financeiro.

O pessimismo com a pesquisa eleitoral ofuscou o otimismo antes gerado pela nova reunião do Fomc (Federal Open Market Committee) nos Estados Unidos, que culminou em mais um corte de US$ 10 bilhões na política de afrouxamento monetário conhecida como QE3 (Quantitative Easing 3), que caiu para injeções mensais de até US$ 35 bilhões. No mesmo dia, o Federal Reserve traçou projeções mais otimistas sobre a geração de emprego e inflação, mas reduziu suas expectativas sobre o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) americano. O mercado espera que a alta na taxa de juros da maior economia do mundo ainda demore um pouco para acontecer, o que faz com que mercados como o brasileiro ainda sejam vistos como atraentes.

Contribuiu para a maior cautela do mercado o cenário de incertezas no Iraque, com forças do governo iraquiano lutando contra militantes sunitas na quinta-feira pelo controle da maior refinaria de petróleo do país. Se a refinaria de 300 mil barris por dia permanecer fechada, Bagdá terá de importar mais petróleo para atender o consumo interno, apertando ainda mais os mercados de petróleo.

Nesta sessão, do lado do noticiário corporativo, também chamou atenção o setor de telecomunicações que reagiu negativamente à informação de que o valor cobrado pelas operadoras de telefonia celular pelo uso de sua rede por companhias concorrentes deve cair 90% até 2019, de acordo com uma norma aprovada pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Atualmente, as empresas pagam em média R$ 0,23 por minuto pelo uso da rede de outra operadora. Em 2016, a redução deve ser para R$ 0,10 por minuto. A previsão do órgão regulador é que, até 2019, esse valor atinja R$ 0,02/minuto.

Segundo o conselheiro da Anatel, Rodrigo Zerbone, relator do processo, como o custo da interconexão é muito elevado, as empresas desestimulam seus clientes a fazer esse tipo de ligação. "É por isso que as companhias costumam dar todos os descontos e benefícios para ligações feitas dentro da própria rede", afirmou. As ações da Telefônica Brasil (VIVT4) registraram perdas de 3,67% e fecharam precificadas em R$ 44,65, enquanto os da TIM Participações (TIMP3), perdas de 2,34%, a R$ 12,94.

As maiores baixas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 ELET3 ELETROBRAS ON 6,58 -5,60 +18,16 25,58M
 MRFG3 MARFRIG ON 5,84 -4,26 +46,00 15,77M
 LIGT3 LIGHT S/A ON 22,06 -4,09 +9,79 19,75M
 VIVT4 TELEF BRASIL PN 44,65 -3,67 +3,66 47,52M
 JBSS3 JBS ON 7,70 -3,51 -11,32 28,61M

As maiores altas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 SUZB5 SUZANO PAPEL PNA 8,86 +2,67 -2,56 48,78M
 KLBN11 KLABIN S/A UNT N2 11,45 +2,60 n/d 56,56M
 FIBR3 FIBRIA ON 23,34 +1,30 -15,59 20,00M
 MMXM3 MMX MINER ON 2,48 +1,22 -40,95 2,94M
 CYRE3 CYRELA REALT ON 13,74 +0,73 -2,73 33,45M

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram :

 Código Ativo Cot R$ Var % Vol1 Vol 30d1 Neg 
 PETR4 PETROBRAS PN 18,70 -1,58 420,80M 535,48M 22.546 
 ITUB4 ITAUUNIBANCO PN 33,57 -1,47 219,34M 337,35M 14.225 
 VALE5 VALE PNA 25,78 -0,23 201,40M 335,54M 20.288 
 BBDC4 BRADESCO PN 34,35 -0,26 178,17M 282,42M 13.451 
 BBAS3 BRASIL ON EJ 25,62 -0,97 156,05M 181,46M 13.514 
 PETR3 PETROBRAS ON 17,56 -2,01 136,09M 167,78M 10.114 
 BVMF3 BMFBOVESPA ON ED 11,83 -3,11 120,14M 126,98M 18.814 
 KROT3 KROTON ON 59,30 -2,76 116,46M 109,87M 8.952 
 ABEV3 AMBEV S/A ON 16,00 +0,25 111,36M 158,35M 12.975 
 ITSA4 ITAUSA PN 9,08 -1,09 93,11M 98,57M 19.704 

* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão) 

EUA e dólar têm dia de ganhos
Na contramão do dia negativo na Bovespa, a sessão foi de otimismo para os três principais índices dos Estados Unidos, com destaque para o Nasdaq, que fechou com alta de 20%, a 4.368 pontos, e S&P 500, renovando sua máxima histórica ao marcar variação positiva de 0,18%, a 1.963 pontos.

Sem grandes indicadores anunciados, o dia foi de expectativas positivas do mercado americano sobre a manutenção das taxas de juros locais mais baixas por um longo tempo, conforme sinalizou a chair da autoridade monetária Janet Yellen.

Já o dólar fechou próximo à estabilidade ante o real nesta sessão, após ter forte desvalorização um dia antes do feriado. Nesta sexta-feira, a moeda americana subiu 0,06%, cotada a R$ 2,2313 na venda.

 

Contato