Em mercados / acoes-e-indices

"Efeito Copa" anula pesquisa e medidas de Mantega e Ibovespa cai 0,3% com volume baixo

Índice escorrega pelo segundo dia seguido antes de pregão reduzido por conta de jogo do Brasil; nem vencimento de opções ajuda giro financeiro baixo

SÃO PAULO - Depois de alcançar sua segunda semana seguida no azul fortemente influenciada pelos resultados de pesquisas eleitorais, o Ibovespa teve um dia de calmaria mesmo com o noticiário agitado. Nesta segunda-feira (16), o benchmark da bolsa brasileira fechou em queda de 0,32%, a 54.629 pontos - sua segunda seguida -, um dia antes do segundo jogo do Brasil na Copa, que fará com que a bolsa feche 4 horas mais cedo. Além disso, o feriado de Corpus Christi na quinta-feira complementa o “sono” do investidor esperado para a semana. O giro financeiro de R$ 8,54 bilhões da Bovespa, baixo para um dia de vencimento de opções sobre ações, nesta sessão reforça os argumentos.

Sem o vencimento de opções, que movimentou R$ 3,1 bilhões nessa sessão, o volume financeiro da Bovespa teria sido de R$ 5,44 bilhões, cifra comum a dias que antecedem feriados ou datas sem negócios no exterior. Mais uma vez, as calls superaram as puts, com as opções de compra das ações preferenciais da Petrobras (PETR4, R$ 18,74, -1,32%) a R$ 17,16 por ação movimentando R$ 172,30 milhões, seguidas pelas opções da mesma ação a R$ 18,16, girando R$ 151,47 milhões. A única opção que não se referia às ações da estatal era a call dos papéis preferenciais do Bradesco (BBDC4, R$ 34,31, -0,09%) a R$ 33,35, que movimentou R$ 111,04 milhões.

O dia também marcou o anúncio de 5 medidas de incentivo às pequenas e médias empresas e investidores comuns para entrarem no mercado de capitais nacional, feito pelo ministro da Fazenda Guido Mantega, na BM&FBovespa pela manhã. Os mecanismos vão desde a desoneração de imposto de renda sobre ganhos de capital até 2023 à normatização dos fundos de ETFs negociados na Bolsa.

Segundo Mantega, o mercado de capitais tem o papel de financiar as empresas a um custo baixo e é preciso que dê sua contribuição para os financiamentos. "Existem milhares de empresas brasileiras que teriam condições de ingressar no mercado financeiro", afirmou. O governo federal, informou, vai criar um grupo de trabalho com a Bolsa para simplificar a regra de recolhimento de tributos.

Ainda no noticiário doméstico, a pesquisa eleitoral Sensus, divulgada no último sábado, mostrou que a presidente Dilma Rousseff (PT) sofreu uma nova queda nas intenções de voto, de 34% para 32,2%. Na direção contrária da petista, o candidato do PSDB, senador Aécio Neves, subiu de 19,9% para 21,5% das intenções. Já Eduardo Campos, do PSB, oscilou negativamente de 8,3% para 7,5%, variação dentro da margem de erro de 1,4 ponto porcentual.

Chamou atenção ainda o Boletim Focus, com a diminuição das projeções para o PIB (Produto Interno Bruto) e para a Selic. As expectativas expansão da economia em 2014 diminuiu para 1,24%, ante 1,44% da semana anterior. Já para 2015, a projeção do PIB foi para 1,73%, ante expectativa de expansão de 1,80% na semana anterior.

No exterior, a China também figurou no radar dos mercados, após o Banco Central do país dizer que o corte em 0,5 ponto percentual do compulsório pode se aplicar a grandes bancos estatais. Além disso, o primeiro-ministro do país, Li Keqiang, afirma que está confiante de queatingirá sua meta de crescimento de 7,5% este ano. Por outro lado, destaque para a queda da cotação dos preços de minério de ferro a US$ 89 a tonelada, no menor nível desde setembro de 2012. As ações da Vale (VALE3, R$ 28,42; VALE5, R$ 25,47, -1,09%) e siderúrgicas CSN (CSNA3, R$ 9,32, -0,85%) e Usiminas (USIM5, R$ 7,90, -0,88%) fecharam em queda.

Ainda no noticiário corporativo, as units do Santander (SANB11), que registravam baixa de mais de 1% no início da sessão, - após o laudo de avaliação dos ativos ter saído abaixo da oferta com um valor econômico entre R$ 10,63 e R$ 11,69 por unit - diminuíram as perdas e fecharam com perdas de R$ 15,79, -0,44%.

As maiores baixas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 BRPR3 BR PROPERT ON ED 12,83 -3,97 +0,27 38,99M
 PDGR3 PDG REALT ON 1,58 -3,66 -12,71 33,85M
 GOLL4 GOL PN N2 12,18 -3,10 +16,22 12,24M
 DTEX3 DURATEX ON 9,01 -2,17 -24,63 20,28M
 NATU3 NATURA ON 40,25 -2,07 +0,56 38,97M

As maiores altas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 QUAL3 QUALICORP ON 24,81 +2,52 +10,27 53,27M
 LAME4 LOJAS AMERIC PN 14,39 +2,42 +15,06 42,48M
 LREN3 LOJAS RENNER ON 70,79 +2,28 +17,84 50,02M
 CTIP3 CETIP ON 31,78 +1,79 +35,44 72,39M
 ESTC3 ESTACIO PART ON 29,45 +1,55 +45,50 55,82M

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram :

 Código Ativo Cot R$ Var % Vol1 Vol 30d1 Neg 
 PETR4 PETROBRAS PN 18,74 -1,32 581,46M 492,48M 39.684 
 VALE5 VALE PNA 25,47 -1,09 317,73M 341,75M 22.839 
 ITUB4 ITAUUNIBANCO PN EB 34,06 -0,67 254,33M 311,88M 17.244 
 BBDC4 BRADESCO PN 34,31 -0,09 217,48M 268,68M 14.625 
 BBAS3 BRASIL ON EJ 26,58 +0,83 212,31M 156,42M 18.502 
 ABEV3 AMBEV S/A ON 15,65 -1,26 190,95M 147,36M 22.138 
 PETR3 PETROBRAS ON 17,63 -1,23 184,71M 152,15M 18.990 
 CIEL3 CIELO ON 45,05 +0,20 124,43M 98,15M 9.120 
 BVMF3 BMFBOVESPA ON ED 11,90 +0,85 120,10M 123,80M 25.886 
 ITSA4 ITAUSA PN 9,19 -0,43 114,04M 90,56M 27.965 

* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)
 

EUA sobem mesmo com tensões no Iraque e corte do FMI; dólar sobe
No front internacional, o FMI (Fundo Monetário Internacional) cortou as expectativas para os EUA, enquanto as tensões no Iraque aumentam. No domingo, insurgentes sunitas tomaram uma cidade de etnia turca, no Iraque, enquanto os Estados Unidos aumentaram a segurança para sua equipe diplomática em Bagdá e afirmaram que alguns funcionários foram retirados da embaixada. Com os conflitos afetando as exportações, o petróleo atingiu seu maior patamar em 9 meses.

Na maior economia do mundo, apesar de o noticiário mais tenso, o dia foi de leves ganhos, com os três principais índices acionários fechando no azul – destaque para o Nasdaq, com alta de 0,24%, a 4.321 pontos.

Já o dólar teve um novo dia de ganhos ante o real. Nesta sessão, a moeda americana fechou com valorização de 0,34%, cotado a R$ 2,2377 na venda.

 

Contato