Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa sobe 1,2% após 3 dias de queda, com pesquisa Ibope e dados da China

PMI chinês surpreendeu e impulsionou ações da Vale, enquanto bancos corrigiram parte das perdas de ontem; Aécio e Campos cresceram em pesquisa, mas Dilma ganharia no 1º turno

ações - Bovespa - gráfico verde - mercado financeiro
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O Ibovespa interrompeu uma sequência de 3 quedas nesta quinta-feira (22) ao fechar com ganhos de 1,15%, a 52.806 pontos. As ações dos bancos, bastante penalizadas ontem, figuraram entre as maiores altas de hoje, assim como a Vale (VALE3, R$ 29,34, +1,55%; VALE5, R$ 26,62, +1,68%), que ganhou fôlego após bons dados da economia chinesa. As estatais também tiveram um pregão positivo após resultado da pesquisa Ibope, embora com um movimento bem mais "tímido" do que aquele visto em pesquisas eleitorais anteriores. O giro financeiro da Bovespa foi de R$ 5,73 bilhões, o que evidencia que a nova pesquisa teve pouco impacto no pregão.

A nova pesquisa eleitoral Ibope apontou um aumento na intenção de votos dos três principais candidatos à presidência, conforme divulgado pelo jornal O Estado de S. Paulo. Segundo o levantamento, as intenções de voto da presidente Dilma Rousseff (PT) subiram de 37% de para 40%, enquanto o tucano Aécio Neves (PSDB) apareceu com 20%, ante 14% da consulta anterior. Eduardo Campos (PSB) passou de 6% para em torno de 11%.

Além do crescimento de todos os candidatos, uma das surpresas foi uma situação melhor dos adversários de Dilma: a rejeição de Aécio caiu de 25% para 20%, e Campos, de 21% para 13%. Já a avaliação de Dilma se manteve em 47%. Vale lembrar que, ultimamente, os investidores têm reagido com otimismo a cada novo sinal de perda de espaço da atual presidente nas pesquisas. As políticas econômicas de cunho maior intervencionista, na percepção de boa parte do mercado, alimenta repúdio de diversos investidores mais liberais.

Ainda por aqui, a taxa de desemprego do Brasil recuou a 4,9% em abril, recorde para esses meses, devido à menor procura por vagas, ao mesmo tempo em que a renda média da população caiu. O número divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) ficou abaixo da expectativa em pesquisa da Reuters, cuja mediana apontava 5,2 por cento.

O mercado acompanhou também uma série de indicadores econômicos. O principal destaque ficou com a China. A atividade industrial chinesa mostrou o patamar mais elevado em cinco meses. Em maio, a prévia do PMI da indústria calculada pelo Markit/HSBC subiu de 48,1 para 49,7. A melhora foi disseminada entre os diversos subitens, com destaque para produção, novos pedidos e novos pedidos para exportação, todos acima de 50.

Destaques do pregão
Contribuíram para o dia positivo na Bovespa a recuperação dos papéis dos bancos, com destaque para o Banco do Brasil (BBAS3, R$ 22,79, +3,54%), após a decisão do STJ em favor dos poupadores sobre os planos econômicos realizados nas décadas de 1980 e 1990.

Acompanhando a leve recuperação da estatal, também chamaram atenção as altas de Bradesco (BBCD3, R$ 34,30, -0,29%; BBDC4, R$ 33,36, +1,02%) e Itaú Unibanco (ITUB4, R$ 36,34, +1,22%).

Na ponta de baixo, apenas 3 ações terminaram o dia com quedas superiores a 1%; são elas: Gol (GOLL4, R$ 13,20, -1,86%), PDG Realty (PDGR3, R$ 1,62, -1,82%) e Eletropaulo (ELPL4, R$ 8,89, -1,44%).

As maiores altas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 MRFG3 MARFRIG ON 4,78 +5,99 +19,50 7,41M
 OIBR4 OI PN 1,92 +3,78 -46,52 83,81M
 MMXM3 MMX MINER ON 2,60 +3,59 -38,10 4,63M
 BBAS3 BRASIL ON ED 22,79 +3,54 -4,14 325,78M
 ELET6 ELETROBRAS PNB 9,94 +3,33 +15,00 11,01M

As maiores baixas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 GOLL4 GOL PN N2 13,20 -1,86 +25,95 13,91M
 PDGR3 PDG REALT ON 1,62 -1,82 -10,50 16,91M
 ELPL4 ELETROPAULO PN N2 8,89 -1,44 -0,61 6,22M
 LREN3 LOJAS RENNER ON 67,00 -0,73 +11,53 27,76M
 ECOR3 ECORODOVIAS ON 14,15 -0,70 +2,17 30,08M

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram :

 Código Ativo Cot R$ Var % Vol1 Vol 30d1 Neg 
 PETR4 PETROBRAS PN 17,65 +1,09 564,35M 608,16M 35.851 
 BBDC4 BRADESCO PN 33,36 +1,03 488,72M 253,32M 21.334 
 ITUB4 ITAUUNIBANCO PN 36,34 +1,23 441,14M 358,65M 22.605 
 VALE5 VALE PNA 26,62 +1,68 372,53M 431,87M 16.406 
 BBAS3 BRASIL ON ED 22,79 +3,54 325,78M 163,25M 18.552 
 ABEV3 AMBEV S/A ON 16,71 +1,27 126,59M 207,95M 13.282 
 BVMF3 BMFBOVESPA ON ED 11,80 +1,29 123,53M 106,20M 11.871 
 BBSE3 BBSEGURIDADE ON 28,12 +0,61 118,15M 121,55M 15.450 
 PETR3 PETROBRAS ON 16,56 +0,61 116,72M 192,22M 10.414 
 ITSA4 ITAUSA PN 8,84 +0,80 100,71M 101,44M 15.641 

* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão) 

Wall Street e câmbio
O dia também foi positivo nas principais bolsas internacionais, com os três índices acionários americanos fechando com ganhos entre 0,06%, registrados pelo Dow Jones, e 0,54%, vistos no Nasdaq. Na maior economia do mundo, chamaram atenção os dados preliminares do PMI manufatureiro, que marcou 56.2 em maio, ante 55.4 no mês anterior, segundo o Markit.

Ainda por lá, o número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego subiu na semana passada mas permaneceu perto da mínima de sete anos e apontou para uma recuperação contínua no mercado de trabalho. Os pedidos iniciais subiram em 28 mil na semana que terminou em 17 de maio, a 326 mil, informou o Departamento do Trabalho.

Já o dólar, no sentido contrário de sua tendência natural em dias de ganhos na Bovespa, fechou em alta ante o real. Nesta quinta-feira, a moeda americana marcou alta de 0,24%, cotada a R$ 2,2157 na venda.

Europa
Já na Europa, a leitura preliminar do PMI composto da zona do euro registrou ligeira desaceleração em maio, de 54,0 para 53,9. Ainda assim, o patamar atual é consistente com crescimento mais forte do PIB no segundo trimestre, acima de 0,5% na margem. No velho continente, o FTSE 100 teve um dia de estabilidade.

 

Contato