Em mercados / acoes-e-indices

9 empresas divulgam resultados na semana, incluindo 1 gigante nacional

Bradesco inicia semana com a divulgação de seu balanço; agenda econômica é fraca

Bradesco - Bancos
(Divulgação)

SÃO PAULO - O resultado do Bradesco (BBDC3; BBDC4) deve ser a principal referência da semana seguinte, a ser divulgado na segunda-feira (22), antes da abertura do mercado. A empresa é uma das 5 companhias nacionais que estão entre as 100 maiores do mundo - junto com Ambev (AMBV4), Petrobras (PETR3; PETR4) e seu rival Itaú Unibanco (ITUB4).

O resultado da companhia deve mostrar turbulência: há expectativas de perdas milionárias em operações de tesouraria - embora isso não faça com que o resultado seja deficitário. A instituição é uma das mais sólidas empresas do Brasil, com o setor bancário sendo responsável por boa parte do peso do Ibovespa. Há temores de que a inadimplência comece a subir por conta de um excessivo endividamento das famílias.

Outras oito empresas divulgarão resultado: Indústria Romi (ROMI3) e Pão de Açúcar (PCAR4) divulgam o resultado depois do pregão de terça-feira, Telefônica Brasil (VIVT4) mostra o balanço na quarta pela manhã ao passo que Fibria (FIBR3) e Natura (NATU3) soltam seus números depois do pregão. Por fim, Grendene (GRND3) e Santos Brasil (STBP11) divulgam números na quinta depois do pregão e a Usiminas (USIM3; USIM5) fecha a semana com resultado na sexta pela manhã. 

Cinco delas são componentes do Ibovespa: Pão de Açúcar, Telefônica Brasil, Fibria, Natura e Usiminas, sendo que as três primeiras são as maiores do País em seus respectivos setores. São representantes de quatro setores bastante movimentados, varejo, telecomunicações, papel & celulose e siderurgia, e seus números podem ajudar a entender o balanço de seus rivais. 

Agenda econômica
Os resultados devem esconder uma agenda econômica fraca na semana seguinte. Na segunda, somente referências nacionais: a sondagem industrial prévia de Julho virá junto com Relatório Focus e Balança Comercial. Na terça, destaque para IPC-S (Índice de Preços para Consumidor - Semanal), Sondagem do Consumidor e Nota do Setor Externo. 

Os investidores estão deverão ver um número bastante importante na terça à noite, que só será refletido na bolsa brasileira na sessão seguinte: a sondagem industrial PMI (Purchasing Manager Index) chinês pelo HSBC. Na manha de quarta, a Eurostat divulga o PMI industrial e de serviços do continente europeu.

Na quarta também serão divulgados a Nota de Mercado nacional e a pesquisa mensal do emprego nacional. Na quinta-feira, serão divulgados os estoques de petróleo norte-americanos, Initial Claims, pedidos de auxílio desemprego nos EUA, e a sondagem industrial de Kansas City e o PIB (Produto Interno Bruto) do Reino Unido. Para fechar a semana, a confiança do consumidor medida pela Michigan University será divulgada na sexta-feira. 

 

Contato