Em mercados / acoes-e-indices

OGX e outras 11 empresas driblam queda do Ibovespa com alta forte; confira

No total, 61 papéis tiveram ganhos superiores a 2,50%, mas a grande maioria delas é "mico"

OGX 05 - Primeiro poço produtora img aérea
(Divulgação OGX)

SÃO PAULO - O mercado puniu o Ibovespa por boa parte da sessão desta quinta-feira (23), antes do índice fechar em leve queda de 0,14%, aos 56.349 pontos. Mesmo com a diminuição das perdas, foi baixo o número de ações que fecharam com ganhos superiores à 2,50%, já que no total, em toda a Bovespa, somente 61 papéis fecharam com alta superior.

Poucas delas, porém, tiveram volume significativo. A maior alta, por exemplo, ficou com a Sondotecnica (SOND6), com ganhos de 30%. Isso foi só foi possível pelo fato da empresa ter baixíssima liquidez: o volume foi de R$ 11,7 mil - fruto de apenas 3 negócios. 

Excluídos os "micos" - ações com liquidez tão pequena que são suscetíveis à esses movimentos, restaram apenas 12 ações. O destaque ficou com a OGX Petróleo (OGXP3), 3ª mais significativa do Ibovespa, que subiu 4,47%, aos R$ 1,87 - ganhando bastante força depois das 15h45 (horário de Brasília), quando também apresentou volume crescente. 

Confira as ações:

Ação* Oscilação Fechamento
Pet Manguinhos ON 11,11% R$ 0,30 
Pet Manguinhos PN 7,41% R$ 0,29 
Vanguarda Agro 6,44%  R$ 3,80 
OGX Petróleo 4,47%  R$ 1,87 
Hercules PN 4,17%  R$ 0,50 
B2W 3,98%  R$ 12,01
Rossi 3,24% R$ 3,82 
Kepler Weber 3,01% R$ 16,07
Gafisa 2,89% R$ 3,91
BHG 2,79% R$ 18,45
Usiminas ON 2,69% R$ 9,55
MRV Engenharia 2,64% R$ 7,38
*Só foram consideradas ações com mais de 100 negócios

 

Contato