Em mercados / acoes-e-indices

Confira as maiores oscilações do Ibovespa no trimestre e em março

O benchmark foi impactado principalmente pelo desempenho das empresas "X", com a MMX e a OGX liderando as perdas do trimestre

MMX 01 - Img Aérea Serra Azul
(Divulgação MMX)

SÃO PAULO - O Ibovespa teve um início de ano complicado, registrando queda nos três primeiros meses de 2013. Com isso, o índice caiu 7,55%, terminando o primeiro trimestre do ano aos 56.352 pontos.

O benchmark foi impactado principalmente pelo desempenho das empresas "X", com a MMX Mineração (MMXM3) recuando 50,34% desde o início do ano, fechando essa quinta-feira (28) aos R$ 2,21. A empresa também liderou as perdas em março, mês em que a queda foi de 33,83%. Enquanto isso, a OGX Petróleo (OGXP3), terceira empresa mais significativa do índice, caiu 47,26% no trimestre e 26,67% no mês, para R$ 2,31. 

No campo das altas no trimestre, destaque para os ganhos de 24,16% da Embraer (EMBR3), que subiu aos R$ 17,90, derrotando ALL (ALLL3) e a ação preferencial da Eletrobras (ELET6), com altas trimestrais de 21,30% e 21,18%, respectivamente. No mês, a campeã foi a Suzano (SUZB5), com alta de 16,54%, enquanto a ordinária Petrobras (PETR3) teve ganhos de 16,29%. A distante terceira colocada foi a Cesp (CESP6), que teve alta de 10,96% e fechou aos R$ 20,35. 

O InfoMoney lista as ações que mais subiram e caíram no trimestre e no mês:

Maiores Altas do Trimestre Maiores Quedas do Trimestre
Ação Alta Ação Queda
Embraer 24,16% MMX Mineração 50,34%
ALL Logística 21,30% OGX Petróleo 47,26%
Eletrobras PNB 21,18% Eletropaulo 41,13%
Pão de Açúcar 18,02% Rossi Residencial 32,31%
Telefônica 13,41% MRV Engenharia 29,55%
Maiores altas do mês Maiores quedas do mês
Ação Alta Ação Queda
Suzano 16,54% MMX Mineração 33,83%
Petrobras ON 16,29% MRV Engenharia 33,54%
Cesp 10,96% OGX Petróleo 26,67%
Petrobras PN 10,48% Brookfield 20,32%
Usiminas PNA 10,41% Eletropaulo 17,24%

 

Contato