Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa abre em alta, diante de temporada de resultados mais movimentada

Usiminas e Oi revelam ganhos abaixo do esperado; investidores aguardam por números de Pão de Açúcar, BTG Pactual e BM&FBovespa depois do fechamento

ações - mercado financeiro - bolsa
(Getty Images)

SÃO PAULO - O Ibovespa começa o pregão desta terça-feira (19) em alta de 0,51%, aos 57.909 pontos, segundo cotação das 10h17 (horário de Brasília), enquanto a temporada de balanços corporativos começa a se intensificar. No cenário internacional, o dia também é de ganhos, sustentado pela surpreendente melhora na confiança alemã.

Desde o fim do último pregão, diversas empresas anunciaram seus resultados tirmestriais. Os destaques ficam por conta da Usiminas (USIM3, USIM5) e da Oi (OIBR3, OIBR4), que anunciaram lurcos abaixo do esperado pelo mercado.

Além delas, outras empresas de menos relevância no índice também anunciaram seus resultados. São elas: BR Properites (BRPR3), Daycoval (DAYC4) e Banco PanAmericano (BPNM4).

Para o restante do dia, o mercado deve aguardar pelos números do Pão de Açúcar (PCAR4), BTG Pactual (BTGP3) e BM&FBovespa (BVMF3), que serão tornados públicos depois do fechamento.

Nesta manhã, os principais destaques positivos do Ibovespa ficam por conta da Braskem (BRKM5, R$ 14,44, +3,88%),  Oi (OIBR4, R$ 7,38, +3,07%; OIBR3, R$ 8,53, +2,77%),  Gafisa (GFSA3, R$ 4,40, +2,56%) e LLX LOG ON (LLXL3, R$ 2,07, +2,48%).

No cenário internacional, o destaque fica por conta da melhora na confiança dos investidores alemães. O índice de expectativas ZEW avançou de 31,5 em janeiro para 48,2 neste mês, para a máxima desde abril de 2010, sinalizando que os investidores da maior economia da região estão mais dispostos a investir.

Por lá, o índice DAX, que acompanha as negociações na bolsa de Frankfurt, avança 1,07%. Nos EUA, os contratos futuros também sugerem um dia de leve alta, ao redor de 0,15%.

Além da temporada de resultados, que continua intensa, o dia conta com o retorno dos investidores norte-americanos ao mercado, já que na véspera foi feriado nacional nos EUA. Por lá, o índice de maior relevância é o NAHB Housing Market Index, que traz perspectivas para o setor.

 

Contato