Em mercados / acoes-e-indices

Radar: imobiliárias sobem após corte da taxa Selic; Telebras dispara

BrasilAgro conclui venda da Fazenda Horizontina e ação sobe; vendas contratadas da Rodobens crescem 63% no 3º trimestre

construção_imobiliária_predio
(Reuters)

SÃO PAULO - Em um dia positivo para o mercado, o Ibovespa operava às 13h12 (horário de Brasília) em alta de 1,33% no pregão desta quinta-feira (11), refletindo o corte de 0,25 ponto percentual na taxa básica de juro anunciado pelo Banco Central. 

Os Estados Unidos também trazem referências positivas. Na última semana foram 339 mil pedidos iniciais de auxílio-desemprego por lá, contra a expectativa de 370 mil. Já a balança comercial, com um déficit de US$ 44,2 bilhões, esteve praticamente em linha com os US$ 43,8 bilhões negativos projetado, segundo compilação de expectativas do portal norte-americano Briefing.com.

Imobiliárias aparecem entre maiores alta
Entre as referências no setor corporativo, as ações da Gafisa (GFSA3, R$ 4,29, +4,13%) e Rossi (RSID3, R$ 5,00, +3,09%) aparecem entre as maiores altas no Ibovespa no pregão desta quinta-feira. No mesmo sentido, as ações da Brookfield (BISA3, R$ 3,84, +2,13%) tambpem sobem. O movimento dos papéis do setor acontece após a decisão do Banco Central de reduzir a taxa de juro.

Uma das explicações para essa relação entre a queda das taxas de juros e a alta das ações do setor imobiliário é que com o juro básico brasileiro mais alto, as taxas de financiamento imobiliário acabam ficando mais caras, inibindo a demanda por imóveis.

Apesar de entregas fracas da Embraer, ação estende rali de alta
Além disso, mesmo com a confirmação de um número fraco nas entregas de aeronaves no terceiro trimestre, as ações da Embraer (EMBR3, R$ 14,11, +1,15%) avançam. Se levar em conta o desempenho nos últimos sete dias, a ação já acumula ganhos de 8,7%.

Cosan cai, enquanto Drogasil sobe
As ações da Cosan (CSAN3, R$ 38,74, +2,62%) registram fortes ganhos no pregão, enquanto os papéis da Raia Drogasil (RADL3, R$ 23,46, -3,10%) registram fortes quedas. 

Vale mencionar a atualização sugerida pelo Itaú BBA, onde a equipe de análise afirma que apesar de a Raia Drograsil continuar como top pick no setor de consumo, decidiu por retirar as ações da carteira devido à sua forte valorização. Em seu lugar, os analistas adicionaram os papéis CSAN3.

Em dois dias, Telebras salta mais de 100%, puxada por parceira com TIM
No setor de telecomunicações, desde o anúncio da parceria com a TIM (TIMP3, R$ 7,25, +0,14%), as ações preferenciais da Telebras (TELB3; TELB4) saltam mais de 110%. Somente nesse pregão os papéis PN disparam 46,20%, aos R$ 10,38, e registram a maior valorização da BM&FBovespa.

Segundo o analista Eduardo Machado, da Amaril Franklin, esse desempenho dos papéis é "exagerado", já que o mercado ainda não tem informação suficiente sobre o modelo da parceria e o resultado que isso terá na empresa.

BrasilAgro conclui venda da Fazenda Horizontina e ação sobe
Já a notícia que a BrasilAgro (AGRO3, R$ 9,90, +2,06%) vendeu a Fazenda Horizontina, no Maranhão, foi bem aceita, contribuindo para a alta das ações no pregão. A companhia concluiu a venda da Fazenda Horizontina por R$ 75 milhões. A propriedade rural, que fica em Tasso Fragoso (MA) foi vendida com valorização de 99% em relação ao preço de compra da terra em 2010, de R$ 37,7 milhões.  A terra vendida tem 14.359 hectares dos quais aproximadamente 8.500 hectares são agricultáveis.

Pão de Açúcar: receita bruta de R$ 13 bi no 3º trimestre
Também seguem em destaque nos setor comporativo as prévias operacionais publicadas pela companhia. Entre elas, o Pão de Açúcar (PCAR4, R$ 95,80, -0,83%) relatou crescimento de 8,7% na receita bruta de vendas, para R$ 13,7 bilhões, na base anual. Segundo o grupo, a evolução se deve, principalmente, pela performance das bandeiras Assaí, Minimercado Extra e Ponto Frio. 

Eztec tem vendas 71% maiores no 3º trimestre, a R$ 276 mi
No setor imobiliário, a Eztec (EZTC3, R$ 26,80, +1,44%) fechou o terceiro trimestre com vendas contratadas de R$ 275,5 milhões, crescimento de 70,6% ante o mesmo período do ano passado. A maior parte das vendas entre julho e setembro foram de lançamento.

Lançamentos da Tecnisa tem alta de 26,4%
Já as vendas contratadas da Tecnisa (TCSA3, R$ 9,11, -2,15%)  chegaram a R$ 373,4 milhões no terceiro trimestre, crescimento de 10,8% ante o mesmo período do ano passado. Na comparação com o trimestre anterior, houve aumento de 58,4%.

Vendas contratadas da Rodobens crescem 63% no 3º trimestre
A Rodobens (RDNI3) R$ 12,85, +4,47%) também publicou a sua prévia operacional, indicando que os números de vendas contratadas no terceiro trimestre de 2012 R$ 224 milhões, crescimento de 63% em relação ao mesmo período do ano passado. A participação da RNI nas vendas do trimestre foi de 79%, totalizando R$ 178 milhões, crescimento de 47% em relação ao 3T11. 

Wilson Sons movimenta 255,3 mil TEUs no 3º trimestre
A Wilson Sons (WSON11, R$ 29,71, -0,93%), por sua vez, movimentou 255,3 mil TEUs (contêineres com tamanho de 20 pés) no terceiro trimestre, uma alta de 1,2% em relação ao mesmo período do ano passado. No acumulado do ano, até setembro, foram movimentados 681,7 mil TEUs, recuo de 1,3% ante os nove primeiros meses de 2011.

Triunfo movimenta 458,647 mil TEU no ano
A Triunfo Participações e Investimentos  (TPIS3, R$ 10,89, +0,83%) informa que movimentou 458,647 mil TEU (conteineres com tamanho de 20 pés) no Terminal Portuário de Navegantes, de janeiro a setembro de 2012, alta de 14,8% ante o mesmo período de 2011 (399,365 mil TEU). 

 

Dufry pretende levantar 250 mi euros para financiar aquisição na Grécia
A Dufry (DAGB11, R$ 248,50, -0,25%) realizou "com sucesso" a precificação da oferta de ações para financiar a compra de 51% da unidade de varejo de viagem do grupo grego Folli Follie. Segundo comunicado, a companhia lançou 2,69 milhões de novas ações, o equivalente a quase 10% do total de ações que já emitiu, ao valor de 109 francos suíços por papel, e a operação em bolsa deste lote começará em de 15 de outubro.

Cade aprova compra da Webjet pela Gol com condicionante
Vale mencionar ainda que o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou nesta quarta-feira a compra da companhia aérea Webjet pela Gol ( GOLL4, R$ 10,69, -2,20%), condicionada ao cumprimento de um acordo para garantir um patamar de 85% de eficiência na operação dos slots do aeroporto de Santos Dumont, no Rio de Janeiro. A medição da eficiência no uso dos slots será feita trimestralmente e levará em conta a efetiva utilização dos slots por aeronaves dacompanhia. 

ALL anuncia aumento de capital
A ALL (ALLL3, R$ 9,03, +0,44%) comunicou que o Conselho de Administração deliberou o aumentar o capital social da companhia, mediante a emissão de novas ações, para subscrição privada, dentro do limite do capital autorizado.O capital será aumentado em até  R$ 195,7 milhões. Caso o aumento de capital seja integralmente subscrito, o capital social da Companhia será aumentado para R1.367.202.762,62, dividido em 765.801.550 ações.

Petrobras comprova ocorrência de hidrocarbonetos na bacia Sergipe-Alagoas
A Petrobras (PETR3; R$ 23,23, +1,22%; PETR4, R$ 22,44, +1,45%) comprova ocorrência de hidrocarbonetos leves no bloco SEAL-M-426, em águas ultraprofundas, da Bacia de Sergipe-Alagoas. Esse bloco é parte da concessão BM-SEAL-11, operado pela estatal com 60% de participação, tendo como parceria a IBV Brasil, com 40% da participação.

Segundo comunicado da empresa, a descoberta ocorreu durante a perfuração do poço 1-BRSA-1083-SES (1-SES-167), conhecido informalmente como Farfan e situado em águas onde a profundidade é de 2.720 metros.

Cesp quer R$ 8 bilhões caso concessões não sejam renovadas
Segundo publicado pela Folha de S. Paulo, a Cesp (CESP6, R$ 19,65, +0,98%) estipula ter que receber R$ 8 bilhões do governo caso não tenha as suas concessões das hidrelétricas de Ilha Solteira, Três Irmãos e Jupiá renovadas. Esse valor seria por conta de valores não amortizados. Em contato com a área de relações com investidores da empresa, a Cesp não confirmou a informação à InfoMoney.

CPFL pode emitir ações ou debêntures se comprar ativos do Grupo Rede
Ainda no setor de energia, a CPFL Energia (CPFE3, R$ 22,11, -0,67%) tem interesse em adquirir ativos do Grupo Rede Energia (REDE4, R$ 2,90, +1,75%), principalmente nas regiões Sudeste e Sul, além da distribuidora Enersul (MS), disse nesta quinta-feira  o presidente da companhia, Wilson Ferreira Júnior. 

Segundo ele, a CPFL Energia poderia fazer uma oferta de ações ou emitir debêntures para financiar a eventual compra de ativos.

Ex vice-presidente do BB está em negociações com JBS
Por fim, a JBS (JBSS3, R$ 6,66, +1,83%) está em negociações com Allan Toledo, ex-vice presidente do Banco do Brasil (BBAS3, R$ 22,86, +1,87%), para o comando de uma das unidades do frigorífico, afirma notícia publicada no Valor Econômico desta quinta-feira (11). Uma das possibilidades, se a contratação se concretizar, é que Toledo assuma o JBS no Paraguai.

Segundo o Valor Econômico, no ano passado, Allan Toledo foi afastado do banco sem maiores explicações, inclusive levantando especulações sobre um convite da JBS ao executivo.

 

Tudo sobre:  Bovespa   Ações  

Contato