Ações de tecnologia derrubam bolsas norte-americanas

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

As bolsas norte-americanas fecharam em queda no último pregão de 2000. As maiores perdas foram observadas nas ações que já vinham registrando os piores desempenhos no ano, como Amazon, Cisco, Qualcomm e a grande maioria das empresas relacionadas à Internet, dado que diversos investidores aproveitaram o último pregão do ano para reduzir suas posições nestes ativos. As perdas foram mais acentuadas nas ações de tecnologia, levando o Nasdaq Composite a fechar em queda de 3,38% e ampliando a desvalorização acumulada no ano a 39,7%, a maior na história da bolsa eletrônica norte-americana.

O Dow Jones Industrial, índice que reflete o desempenho das blue chips, encerrou o dia em queda de 0,74%, a 10.787,99 pontos. Com esta baixa, o índice fechou o ano com perdas de 6,17%. Os papéis que mais caíram hoje foram JP Morgan (-4,34%) – em função da apreensão dos investidores quanto à carteira de empréstimos do tradicional banco norte-americano à combalida Xerox, International Paper (-3,83%), Alcoa (-3,25%) e Intel (-2,83%). Já os destaques de alta foram a varejista Home Depot (+4,73%), AT&T (+1,85%) e American Express (+ 1,74%).

O Nasdaq Composite, índice que concentra os papéis de empresas de tecnologia, fechou em queda de 3,38%, a 2471,37 pontos. Os destaques de baixa ficaram com as empresas de internet, lideradas pelo site de leilões E-Bay (-12,73%), pela Amazon (-10,43%) e pela holding de investimentos na internet CMGI (-7,25%) – que fechou o ano com perdas de cerca de 96%, o pior desempenho entre os componentes do índice Nasdaq 100. Outras ações de tecnologia sofreram fortes baixas no pregão de hoje, como a fabricante de roteadores Juniper (-9,06%), a fabricante de equipamentos de telecomunicações Qualcomm (-8,04%) e a gigante Oracle (-6,44%). Por outro lado, dentre as poucas empresas que encerraram o último pregão do ano em alta, vale citar as empresas de telecomunicações Nextel (+1,02%) e WorlCom (+0,90%).

O S&P 500, índice que reúne os papéis das 500 maiores empresas norte-americanas, fechou o dia em queda de 1,03%, a 1.320,43 pontos. A perda acumulada no ano atingiu 9,84%. As maiores quedas ficaram concentradas no setor de tecnologia, com destaque para Network Appliances (-11,47%), PeopleSoft (-10,79%) e Altera (-10,04%). Outra ação que apresentou desempenho ruim foi a Xerox (-7,50%), em função do nervosismo do mercado quanto à possibilidade da empresa obter novos financiamentos bancários para resolver seu sério problema de liquidez. As ações da tradicional fabricante de copiadoras fecharam o ano com perda de 79,6%. Por outro lado, a seguradora Conseco (+14,67%) e as varejistas Kmart (+4,73%) e Office Depot (+4,59%) foram algumas das poucas ações a fechar o último pregão do ano em alta.

Compartilhe