RADAR INFOMONEY Temporada de balanços: MRGF3 volta a subir com resultados e aceno chinês; WEGE3 sobe mais de 1,5%

Temporada de balanços: MRGF3 volta a subir com resultados e aceno chinês; WEGE3 sobe mais de 1,5%

Destaques da Bolsa

Carrefour, Yduqs e aéreas sobem forte, enquanto Petrobras e Vale fecharam em queda no último pregão do mês

Confira os destaques da B3 na sessão desta segunda-feira (30)

Avião da Azul com as cores da bandeira brasileira. Turbina possui as estrelas
(Divulgação/Azul)

SÃO PAULO – A última sessão de um novembro de fortes ganhos para o Ibovespa, com alta de 15,90% no período, foi marcada pelo avanço de ações de empresas que foram os destaques de alta no mês, caso das aéreas Azul (AZUL4), Gol (GOLL4) e CVC (CVCB3), com ganhos superiores a 50% em novembro e altas entre 1,56% e 3% neste pregão, em continuidade ao otimismo com o desenvolvimento de vacinas, que dão esperança de que as restrições de mobilidade possam diminuir.

Os maiores ganhos da sessão, contudo, acabaram ficando com Carrefour (CRFB3) e Yduqs (YDUQ3). O Carrefour caiu forte na semana passada em meio a protestos por conta do assassinato de um homem negro nas dependências de uma das lojas e a Yduqs lançou uma megapromoção de cursos durante a Black Friday, com descontos de 50% na mensalidade das graduações na Estácio.

A ação da Cyrela (CYRE3) também chegou a subir forte, até 4%, com a elevação de recomendação pelo Morgan Stanley para equivalente à compra, mas zerou os ganhos e terminou com leves perdas.

Vale (VALE3) teve uma sessão de perdas, apesar do novo dia de alta para os contratos  futuros do minério de ferro, que ampliaram os ganhos nesta segunda-feira, com o contrato de referência de Dalian registrando sua maior alta mensal desde maio, já que os indicadores econômicos otimistas da China, maior produtora de aço, ajudaram a sustentar o impulso de compra do ingrediente siderúrgico.

A atividade fabril da China se expandiu no ritmo mais rápido em mais de três anos em novembro, mantendo a segunda maior economia do mundo no caminho para se recuperar totalmente da crise do coronavírus. O minério de ferro na Bolsa de Mercadorias de Dalian da China encerrou as negociações com alta de 1,1%, a 911,50 iuanes (US$ 138,36) a tonelada, após atingir uma máxima de 919 iuanes no início da sessão. O contrato ganhou 15,3% neste mês. Os preços spot do minério de ferro também dispararam, atingindo o nível mais alto desde janeiro de 2014, a US$ 131,50 a tonelada nesta segunda-feira, de acordo com a consultoria SteelHome.

Os papéis da Petrobras (PETR3; PETR4), que abriram com ganhos, acabaram tendo perdas na sessão em um dia de queda do petróleo. A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) informou que a reunião de hoje do cartel terminou e continuará amanhã.

Segundo fontes informaram à Dow Jones Newswires, o grupo ainda não tomou uma decisão a respeito de uma possível prorrogação do acordo que prevê cortes na produção da commodity para o ano que vem. Em resposta, WTI para janeiro fechou em baixa de 0,42%, a US$ 45,34 o barril, enquanto o Brent para fevereiro teve queda de 0,77%, a US$ 47,88 o barril.

Atenção ainda às informações da companhia durante o Petrobras Day. A companhia projetou nesta segunda-feira um salto na sua exportação de petróleo para 891 mil barris por dia no período de 2021 a 2025, ante média de 445 mil bpd entre 2015 e 2019, à medida em que reforça investimentos nos produtivos campos do pré-sal, de acordo com apresentação mais detalhada de seu plano de negócios plurianual.

Já as vendas de petróleo no mercado doméstico cairão para 1,252 milhão de barris por dia nos próximos cinco anos, versus média de 1,348 milhão de barris por dia entre 2015/2019, disse a empresa.

PUBLICIDADE

Companhias de e-commerce, por sua vez, registraram queda, caso de B2W (BTOW3), Via Varejo (VVAR3) e Magalu (MGLU3)  apesar de uma Black Friday considerada positiva por analistas de mercado. Os investidores seguem o movimento de saída das ações que tiveram bom desempenho, como de e-commerce, para papéis de aéreas e outros setores que caíram forte no acumulado do ano.

Fora do Ibovespa, a ação da Terra Santa (TESA3), por sua vez, chegou a cair forte, cerca de 7%, após ganhos de 35% na sexta-feira com a proposta de combinação de negócios pela SLC (SLCE3) – veja mais clicando aqui. Contudo, durante o pregão, as ações viraram e passaram a subir forte, cerca de 8%, e depois fecharam em alta de 2,4%.

As ações da Oi (OIBR3;OIBR4) subiram, com destaque para o fechamento em alta de 3,41% da OIBR3. O grupo de telecomunicações em recuperação judicial Oi recebeu um desconto de 50% na dívida de cerca de R$ 14 bilhões devida à União com a Anatel e ainda poderá parcelar o valor remanescente.

Confira os destaques:

Oi (OIBR3;OIBR4)

O grupo de telecomunicações em recuperação judicial Oi recebeu um desconto de 50% na dívida de cerca de R$ 14 bilhões devida à União e ainda poderá parcelar o valor remanescente, afirmou a Advocacia-Geral da União (AGU) na sexta.

O desconto foi concedido em um momento em que o governo federal enfrenta uma crise fiscal agravada pelos impactos da pandemia de Covid-19 no país e dois dias depois de o Senado aprovar legislação que modifica a lei de falências. As modificações permitem que empresas em recuperação judicial possam quitar suas dívidas com descontos de até 50% e parcelamento em até 84 meses.

“Os créditos da Anatel são considerados irrecuperáveis, em razão do processo de recuperação judicial do grupo Oi”, afirmou a AGU em comunicado à imprensa, acrescentando que o acordo coloca fim a 1.700 processos entre Oi e Anatel, “com a extinção de 1.117 ações de execuções fiscais, 199 ações anulatórias, 82 ações cautelares e 300 embargos à execução”.

Na quinta, a Oi, que está em recuperação judicial desde 2016, levantou R$ 1,4 bilhão com a venda de unidades de torres de telefonia e centrais de processamento de dados. Segundo a AGU, R$ 1,8 bilhão em depósitos judiciais da Oi serão convertidos em renda para a Anatel, mas serão parcelados em 32 vezes de R$ 56,2 milhões.

PUBLICIDADE

O Bradesco BBI ressalta que o acordo entre Oi e Anatel foi fechado com base na lei 13.988 de 2020, sobre transações litigiosas de créditos da Fazenda Pública.  Mas avalia que a empresa deve migrar para a Lei de Recuperação Judicial e Falência, recém-aprovada no Senado e que aguarda sanção presidencial. Isso poderia oferecer um desconto de até 70%, e um período de pagamento de até 10 anos.

O banco reforça a recomendação da Oi como outperform, e ressalta que a empresa é sua top pick no setor de telecomunicações da América Latina. O preço-alvo para a ação ordinária da Oi é de R$ 3,10, frente os R$ 2,04 do fechamento de sexta para os papéis OIBR3.

Notre Dame (GNDI3)

O conselho de administração do Grupo Notre Dame Intermédica aprovou realizar oferta pública secundária de 40 milhões ações da companhia de titularidade do fundo de investimentos Alkes II, que serão realizadas nos termos da instrução CVM 476.

Um lote adicional de 10 milhões de ações pode ser ofertado caso haja interesse. Levando em consideração a cotação de fechamento da última sexta, de R$ 69,50, o montante total da oferta, sem considerar ações adicionais, seria de R$ 2,78 bilhões, e considerando as ações adicionais, R$ 3,75 bilhões.

A oferta será coordenada por Morgan Stanley, Itaú BBA, Bradesco BBI, Citigroup Global Markets Brasil, Banco Santander e XP Investimentos.

Petrobras (PETR3;PETR4

A Compass Gás Energia não foi qualificada para a sequência do processo de alienação de 51% da fatia da Petrobras na Gaspetro por não atender exigências do Termo de Compromisso de Cessação (TCC) firmado entre a petroleira e o Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência (Cade), informou a estatal.

“A Petrobras reforça o seu compromisso com a ampla transparência de seus projetos de desinvestimento e de gestão de seu portfólio e informa que as etapas subsequentes serão divulgadas ao mercado…”, afirmou.

A desqualificação da subsidiária da Cosan (CSAN3) no processo para adquirir fatia na Gaspetro, que distribuiu 29 milhões de metros cúbicos diários de gás em 2019, havia sido divulgada na semana passada.

Sabesp (SBSP3)

PUBLICIDADE

O Credit Suisse afirma que o resultado das Eleições municipais é importante para empresas de saneamento, à medida que os contratos são assinados para prefeitos, e as negociações para mudanças em regras, privatizações ou extensão de contratos passam pelos prefeitos.

No caso de São Paulo, 60% dos prefeitos atendidos pela Sabesp são do PSDB, o partido do governador e do prefeito da capital. O Credit Suisse avalia que, a performance fraca da Sabesp recentemente se devia aos riscos das Eleições, que levantavam o temor de gestões mais avessas ao mercado. Com o fim do período eleitoral, o banco espera que investidores voltem a focar no calendário de revisão de tarifas, e em mudanças em participação acionária.

O banco avalia que a atual avaliação da empresa está defasada, e tem uma nota de outperform para seus papéis.

Linx (LINX3)

A Linx destacou que foi assinado aditivo em acordo de acionistas a compromisso de voto e assunção de obrigações entre acionistas fundadores e acionistas da Stone Co. A companhia apontou que o aditivo teve interveniência-anuência da Linx e da Stone e busca alterar disposições relativas à vedação à transferência de ações pelos fundadores da Linx.

Via Varejo (VVAR3)

A Via Varejo informou nesta segunda-feira que atingiu R$ 3 bilhões de reais em vendas (GMV pedido) durante a Black Friday, superando os R$ 2,2 bilhões de período equivalente em 2019 e assim registrando novo recorde.

A companhia disse que segmentou o evento promocional entre 22 e 28 de novembro, a fim de evitar o risco de aglomerações nas lojas físicas diante da pandemia do Covid-19.

As vendas online no período cresceram 99% ano a ano, com participação de 62,4% das vendas totais, acrescentou, citando dados gerenciais, preliminares e não auditados.

Usiminas (USIM5)

A Usiminas realizou na sexta sua reunião anual com investidores, em que o atual presidente Alberto Ono apresentou dados sobre o mercado de aço no Brasil. Segundo o Credit Suisse, o setor é impulsionado pelas baixas taxas de juros, que impulsionam o setor de construção; pela recuperação do setor industrial e aumento de investimentos em infraestrutura.

A Usiminas avalia que a alta da demanda também é impulsionada também por um movimento de recomposição de reservas, que pode perder força a partir do segundo trimestre de 2021. Na visão do Credit Suisse, há espaço para aumento de preços em dezembro.

A Usiminas acredita que deve manter a produção de minério de ferro em entre 8 e 9 milhões de toneladas anuais. A empresa acredita que é possível que haja aumento da oferta, levando os preços elevados de volta à normalidade.

Os planos de investimentos da empresa para os próximos dois anos são focados em R$ 160 milhões para a criação de sistemas de empilhamento a seco para os rejeitos de suas minas, que espera concluir em 2021. É um sistema ecologicamente mais seguro do que as barragens de rejeitos.

A manutenção do alto forno 3 em Ipatinga em 2022 deve custar outro R$ 1,858 bilhão, acima da expectativa anterior, principalmente devido à depreciação do real. O banco mantém recomendação neutra para a Usiminas, a partir da avaliação de que a ação está melhor precificada do que CSN e Gerdau. O preço-alvo é de R$ 12, frente os R$ 13,90 do fechamento de sexta.

CCR (CCRO3)

Na semana iniciada em 20 de novembro, a CCR registrou crescimento de 4% no tráfego nas estradas com pedágios de seu portfólio, quando comparado ao mesmo período de 2019. O tráfego de passageiros de mobilidade urbana e em concessões de aeroportos tiveram queda de 45% e 57%, respectivamente, na comparação anual, possivelmente ainda em decorrência do impacto da pandemia.

O Bradesco BBI avalia que esse é o melhor desempenho semanal da empresa em termos de tráfego desde o início da pandemia. O banco mantém recomendação em outperform (desempenho acima da média do mercado) , com preço-alvo de R$ 17, frente os R$ 12,92 do fechamento da sexta.

Copel (CPLE6)

A Copel (Companhia Paranaense de Energia) anunciou em 12 de novembro que decidiu propor a migração do nível 1 de governança na Bovespa para o nível 2; criar novas regras internas para melhorar a política de dividendos, melhorar a governança, entre outros; propor uma divisão de ações para melhorar sua liquidez; e unidades compostas por 5 ações ordinárias e 4 ações preferenciais.

Em razão desses passos considerados positivos, o Credit Suisse elevou a classificação da Copel de underperform para neutra, com preço-alvo em R$ 76, frente o preço-alvo anterior de R$ 70. O preço de fechamento de sexta é de R$ 68,62.

Klabin (KLBN11)

O conselho de administração da Klabin aprovou submeter aos acionistas, em assembleia a ser convocada para 4 de janeiro, proposta de incorporação da subsidiária Riohold, de acordo com fato relevante da companhia nesta segunda-feira.

“A incorporação tem o objetivo de promover a integração plena das Unidades de Paulínia, Suzano, Franco da Rocha, Rio Verde e Manaus, adquiridas da International Paper Brasil Ltda., aos sistemas de gerenciamento de operações da Klabin, bem como a racionalização da estrutura societária de exploração desses ativos, visando a ganhos de eficiência administrativa, financeira e operacional no desenvolvimento das atividades essas plantas”, destacou.

Arezzo (ARZZ3)

A assembleia geral extraordinária da Arezzo aprovou a incorporação pela companhia das ações emitidas pela Vamoquevamo Empreendimentos (VQV), empresa que constitui o grupo de moda carioca Reserva, que foi comprado pela Arezzo em outubro.

MercadoLivre (NASDAQ: MELI)

Com base em dados da consultoria E-bit, o Bradesco BBI avalia que o MercadoLivre teve uma Black Friday “muito forte”, e mais favorável do que o esperado. Segundo o banco, isso sugere que a empresa fez um bom trabalho em melhorar sua competitividade e suas entregas em categorias como eletrônicos e eletrodomésticos.

O banco avalia que o Mercado Livre pode ter sido o grande vencedor da Black Friday em 2020, destacando que o vice-presidente da empresa no Brasil postou na sexta à noite que houve um crescimento de 130% no faturamento da Black Friday frente a mesma data do ano anterior. O Bradesco afirma que a variação fica, bem acima da estimativa de crescimento do Bradesco para a empresa no quarto trimestre, de 45%. O Bradesco BBI reiterou sua avaliação em outperform, com preço-alvo de US$ 1.600, frente os US$ 1.513,43 de fechamento na Nasdaq na sexta-feira.

Intelbras

A Intelbras submeteu à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pedido para realizar uma oferta pública inicial primária e secundária de ações (IPO).

Fundada em 1976, a companhia de Santa Catarina produz e comercializa produtos e soluções em segurança eletrônica, controles de acesso, redes, comunicação, energia e energia solar.

Segundo o prospecto preliminar, a Intelbras pretende utilizar os recursos da oferta para acelerar seu crescimento através de aquisições, além de expandir capacidade de produção de fábricas em Manaus e Minas Gerais, bem como em sua nova unidade em Santa Catarina, focada em produtos de energia.

Nos primeiros nove meses deste ano, a receita operacional líquida da companhia totalizou R$ 1,46 bilhão, representando um aumento de 20,2% quando comparado ao mesmo período do ano anterior. O lucro líquido foi de R$ 121,2 milhões no período, alta de 2,6% em relação à mesma etapa de 2019.

A unidade de segurança eletrônica da companhia representa cerca de 53% da receita total, com R$ 777 milhões no acumulado do ano. A divisão de comunicação foi responsável por 37% da receita, enquanto a de energia gerou 9,7% do faturamento. O IPO é coordenado por BTG Pactual, Santander Brasil, Itaú BBI e Citigroup.

Suzano (SUZB3)

Mesmo com a boa performance do papel desde julho de 2020, os analistas do BBI reforçaram a recomendação para a ação da Suzano em outperform, mantendo-a como top pick do setor de papel e celulose na América Latina e elevando o preço-alvo de R$ 58 para R$ 70 ao incorporar preços mais altos de celulose e menores custos no modelo de precificação de ações.

Os analistas destacam que o papel negocia a 6.7 vezes o valor da empresa sobre o Ebitda esperado para 2021, ante nível justo de 8 a 8,5 vezes.

A dinâmica de mercado para celulose continua melhorando, suportado por recuperação de demanda, maior preço de papel e oferta mais fraca que esperada.

Cyrela (CYRE3)

Já o Morgan Stanley elevou a recomendação para as ações da Cyrela para overweight (exposição acima da média do mercado), com o preço-alvo indo para R$ 30, em meio à visão de risco-retorno positiva, forte crescimento e bom posicionamento dentro do setor.

Ambev (ABEV3)

Pela primeira vez em 20 anos, a Ambev deixará de ser patrocinadora das transmissões de futebol da TV Globo no Brasil e será substituída pela concorrente de cerveja Petrópolis em 2021, de acordo com informações da IstoÉ. Esta última fará parte de um grupo de patrocinadores formado por Casas Bahia, Vivo, Itaú, General Motors e Hypera / Neo Química. Cada patrocinador pagará R$ 312 milhões por cota, totalizando um contrato de R$ 1,9 bilhão para a Globo. De acordo com reportagens anteriores da mídia, a pandemia COVID-19 impôs desafios para as despesas de marketing da Ambev (com o valor necessário para o patrocínio ao futebol da TV Globo sendo considerado alto), e a empresa está reavaliando novas estratégias de comunicação.

“Este anúncio reforça as nossas preocupações sobre uma competição mais acirrada da Ambev com outras companhias do setor pois, em nossa opinião, sugere que Petrópolis ressurgiu após os desafios enfrentados em decorrência da pandemia da Covid-19, e entendemos que ela está reforçando a sua capacidade em uma nova planta de tamanho considerável em Minas Gerais (lançada em agosto, que estimamos ter capacidade de produção de cerveja equivalente a 6% do volume total de cerveja do Brasil), o que poderia levar a mais pressão competitiva para a Ambev em 2021”, avalia o BBI. A recomendação para o papel é neutra, com preço-alvo de R$ 15,50.

(Com Reuters, Bloomberg e Agência Estado)

Invista no ativo com maior potencial de valorização: o seu conhecimento. Aproveite descontos de até R$ 1.319 nos cursos do InfoMoney e Xpeed – vagas limitadas!