Ações da Duke Energy sobem 2,70% com otimismo para 2001

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

A Duke Energy anunciou nesta sexta-feira um aumento na sua projeção de crescimento dos lucros de 2001, baseada na expansão estratégica da empresa e no cenário positivo que prevê para este ano. Ontem, após o fechamento regular do pregão, a empresa divulgou um lucro no quarto trimestre de 2000 acima da expectativa do mercado, afastando a possível influência que a crise da Califórnia pudesse exercer sobre a empresa.
A segunda maior empresa de energia elétrica dos EUA espera crescimento entre 10% e 15% do lucro anual por ação em 2001, acima do divulgado anteriormente pela empresa, que apontava taxas entre 8% e 10%. A estratégia da empresa para este ano será direcionada aos novos negócios e ao desenvolvimento em mercados que gerem altos retornos.
A Duke reportou ontem lucro líquido referente ao quarto trimestre de 2000 de US$ 284 milhões, ou US$ 0,38 por ação, comparado com o prejuízo de US$ 189 milhões, ou US$ 0,26 por ação no mesmo período do ano passado. Excluindo itens extraordinários, o lucro operacional foi de US$ 352 milhões, ou US$ 0,94 por ação. Analistas de mercado esperavam que o lucro operacional fosse de US$ 0,88 por ação. As receitas mais que dobraram em 2000 ao atingir US$ 15,41 bilhões, em comparação com o faturamento de US$ 6,22 bilhões do último trimestre do ano anterior.
As ações da Duke Energy estão sendo negociados no mercado norte-americano a US$ 73,88, o que representa uma alta de 2,70% em relação fechamento anterior.

Compartilhe