Bolsas

Ações asiáticas sobem com esperanças sobre China

Declarações do novo chefe do Partido Comunista chinês, Xi Jinping, sobre políticas econômicas anima investidores

arrow_forwardMais sobre

TÓQUIO – As ações asiáticas atingiram o maior nível em 16 meses nesta quarta-feira (5), lideradas por uma alta nas ações chinesas devido a esperanças de crescimento estável, mas preocupações sobre se os parlamentares norte-americanos podem quebrar o impasse orçamentário antes do final do ano para evitar uma possível recessão mantinha o otimismo em xeque.

Às 7h52 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 0,93%, ganhando força com a alta de quase 3% das ações de Xangai, retomando o nível de 2 mil pontos depois que caiu para mínimas em quase quatro anos na semana passada.

As ações chinesas foram impulsionadas por declarações na terça-feira do novo chefe do Partido Comunista, Xi Jinping, que disse que o governo visa estabilizar as exportações e tornar as políticas mais objetivas e efetivas.

“Nós estamos caminhando para uma recuperação de curto prazo de qualquer forma. Os comentários de Xi sugerem que ele pensa que a economia chinesa atingiu o menor nível e a inflação não será um grande problema”, afirmou o estrategista-chefe de ações do Bank of Communications International Securities, Hong Hao.

As ações de Hong Kong avançaram 2,16%, o mercado australiano registrou alta de 0,37% e o índice Nikkei do Japão anulou perdas registradas para cedo para fechar em alta de 0,39%, no maior nível de fechamento em sete meses.

O índice de Seul encerrou em alta de 0,61% e a bolsa de Taiwan ganhou 0,63%, enquanto Cingapura expandiu 0,45%.