Estreia na Bolsa

Ação da Intelbras (INTB3) estreia na B3 com disparada de 25%

A Intelbras concluiu sua oferta inicial de ações no final da terça-feira, movimentando R$ 1,3 bilhão

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A ação da Intelbras (INTB3) estreou na B3 na sessão desta quinta-feira (4) com forte alta. Os papéis fecharam com um salto de 25,33%, a R$ 19,74. O volume total negociado nesse primeiro dia de pregão foi de R$ 476,22 milhões.

A Intelbras concluiu sua oferta inicial de ações no final da terça-feira, movimentando R$ 1,3 bilhão. A companhia precificou os papéis a R$ 15,75 cada – perto do piso da faixa indicativa entre R$ 15,25 a R$ 19,25 por ação – e levantou R$ 724,5 milhões. Os recursos restantes – R$ 579,6 milhões – ficarão com os acionistas vendedores.

A companhia foi fundada em 1976, em Santa Catarina, quando iniciou as atividades com a fabricação de centrais e aparelhos eletrônicos.

De acordo com a companhia, que cita monitoramento Intelbras de dados de importação (Midi), atualmente, é a maior fabricante nacional de câmeras e equipamentos de segurança eletrônica e comunicação. A companhia aponta estar presente em 98% dos municípios com potencial de consumo eletrônico no Brasil e exportar para diversos países. A rede de distribuição tem 370 distribuidores e quase 80 mil revendedores.

A empresa aponta que expandiu o portfólio e, atualmente, fornece produtos e soluções em segurança eletrônica, controles de acesso, redes, comunicação, energia e energia solar, que se integram e se completam. “Em linhas gerais, fornecemos nossos produtos para os setores empresarial, residencial e condominial equipamentos e softwares necessários para o monitoramento, armazenamento e gerenciamento de dados e comercializamos desde câmeras de vídeos, alarmes, fechaduras, roteadores, telefones corporativos e rádio comunicadores até baterias, cabos e painéis de energia solar”, destacam no prospecto preliminar.

A Intelbras teve receita operacional líquida de R$ 1,5 bilhão nos primeiros nove meses de 2020, alta de 20% em comparação ao mesmo intervalo de 2019. O lucro teve uma alta de 2,6%, a R$ 121 milhões.

Com o dinheiro captado na oferta primária, a Intelbras planeja ter um crescimento inorgânico (36%); expandir a capacidade produtiva (26%), expandir o serviço de locação de produtos (21%) e expandir os canais internos verticais e de varejo (17%).

Profissão Broker: série do InfoMoney mostra como entrar para uma das profissões mais estimulantes e bem remuneradas do mercado financeiro em 2021. Clique aqui para assistir

PUBLICIDADE