Primeiro dia de negociação

Ação da Dotz (DOTZ3) fecha no zero em estreia na B3 após chegar a subir mais de 13%

A ação da companhia foi precificada a R$ 13,20 no processo de abertura de capital

arrow_forwardMais sobre
Dotz (Divulgação: Facebook)

A ação da Dotz (DOTZ3) teve uma sessão de volatilidade na sessão desta segunda-feira (31), em sua estreia na B3. Os papéis DOTZ3 abriram em forte alta de mais de 10% e chegaram a subir 13,64%, a R$ 15. Contudo, ao longo do dia, os ativos foram amenizando e fecharam estáveis, a R$ 13,20.

A Dotz é uma empresa de tecnologia de programa de fidelidade fundada nos anos 2000. Ela contava, no final de 2020, com cerca de cerca de 48 milhões de membros, sendo 9 milhões ativos (que realizaram transações na plataforma nos últimos doze meses) em sua plataforma e 1,9 milhão em seu marketplace.

A empresa realizou sua abertura de capital (IPO, na sigla em inglês) em maio de 2021, com a ação sendo precificada a R$ 13,20, no piso da faixa indicativa entre R$ 13,20 e R$ 16,20. A oferta foi com esforços restritos, destinada a apenas um grupo de investidores qualificados, movimentando R$ 390,7 milhões. Do total, R$ 195,3 milhões serão destinados ao capital social e os outros R$ 195,3 milhões destinados à reserva de capital.

A operação foi coordenada por BTG Pactual, Itaú BBA, UBS-BB e Credit Suisse.

A companhia informou que os recursos líquidos provenientes da oferta serão destinados para investimentos na plataforma de tecnologia e digital Dotz, ampliação de participação da companhia nos negócios de fidelização e potenciais aquisições estratégicas.

Em 2020, a Dotz teve prejuízo líquido acumulado de R$ 64,2 milhões, 246% acima do registrado em 2019. Já a receita líquida, após o resgate de pontos foi de R$ 111 milhões, 12,5% menor ante o resultado de 2019. Antes do resgates, a receita totalizou R$ 230 milhões em 2020, com baixa de 19,6%.

Sócia da XP Investimentos oferece curso gratuito de como alcançar a liberdade financeira. Clique aqui para se inscrever.