Quem está comprando?

A moda agora é comprar “mico”? 7 small caps que disparam até 400% nos últimos 30 dias

Em meio ao rali do Ibovespa, alguns papéis fora do radar dos investidores têm registrado ganhos excepcionais em um movimento puxado pelo otimismo do mercado

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Apesar de todo o rali pelo qual o Ibovespa vem passando, as últimas semanas tem sido de grande destaque para ações que poucos investidores prestam atenção no dia a dia. Com ganhos que chegam a mais de 400% em poucos dias, algumas small caps – e até ações consideradas “micos” – estão chamando atenção do mercado, que tenta entender o motivo destes movimentos.

Nem sempre há uma explicação para estas altas. É o caso da Brasil Pharma (BPHA3) nesta segunda-feira (1), que disparou 56%, chegando aos R$ 9,14, levando a valorização acumulada em 30 dias para 88,84%. Na última semana, o analista Danilo Zanini, da XP Investimentos, comentou no programa Visão Técnica, na InfoMoneyTV, que era um bom momento para ficar de olho nos papéis. Apesar disso, não houve nenhuma notícia que justificasse este movimento.

O diretor da mesa de trade da Mirae Asset, Pablo Spyer, afirma que tem visto bastante interesse de investidores, principalmente estrangeiros no mercado brasileiro. “Estes investidores têm mostrado interesse por esses papéis que são menos analisados e menos demandados”, explica. Ele lembra ainda que, por terem menor cobertura, estas ações acabam não acompanhando o desempenho do resto dos papéis da Bolsa.

“Houve vinda de novo fluxo no mês passado com o Brexit e Turquia levando a perdas e canalizando recursos para países emergentes, deixando o Brasil como um dos grandes beneficiados”, explica Spyer, que afirma ainda que “estrangeiros tendem a agostar muito mais de small caps do que brasileiros”, o que poderia explicar movimentos mais pontuais em alguns papéis.

Por outro lado, o diretor destaca que algumas notícias e até mesmo a atual temporada de resultados podem estar influenciando diretamente na performance desses papéis. É o caso da JHSF (JHSF3), por exemplo, que tem ganhos de 67,89% nos últimos 30 dias e no mês passado anunciou que o fundo de investimento norte-americano Blackstone iniciou conversas para comprar uma fatia de 50% no portfólio de shopping centers da empresa.

Há ainda outras 5 ações “fora do radar” que estão chamando atenção por suas fortes altas nas últimas semanas. O principal caso é o da Lupatech (LUPA3), que tem incríveis ganhos de 411% em 30 dais, cotada atualmente em R$ 8,57. Vale ainda destacar a BR Brokers (BBRK3) – que sobe 44,79% no período, a R$ 2,40 -, a Viver (VIVR3), com valorização de 83,43%, para R$ 3,30 -, a Usiminas ON (USIM3) – subindo 63,48%, a R$ 8,75 -, e a Contax (CTAX3), com ganhos de 50,83%, para R$ 10,00.