F5

A estratégia da Yellow para crescer e o que ela espera para o futuro

D programa F5 desta quarta-feira (17) convida o diretor de comunicações da startup, Luiz Felipe Marques

SÃO PAULO – Desde que começou a operar no Brasil, especificamente na cidade de São Paulo, em agosto, a Yellow tem dado o que falar: com um modelo inédito de compartilhamento de bicicletas, sem estações físicas, a empresa viu algumas de suas bikes serem depredadas, já mudou sua estratégia e recebeu US$ 63 milhões em investimentos.

Ela começou com 500 bicicletas espalhadas pela cidade e com a meta de chegar a 20 mil até o final do ano. Além das bicicletas, ela começou a testar também a operação de compartilhamento de patinetes elétricos, que em breve também deve acontecer sem estações físicas.

PUBLICIDADE

Seu modelo de negócios e as mudanças pelas quais tem passado seguem uma tendência mundial de mobilidade e são sinais de que a empresa está atenta a cada movimento e decisão que toma.

Para saber aonde a Yellow quer chegar e quais mudanças deve promover para tal, o programa F5 desta quarta-feira (17) convida o diretor de comunicações da startup, Luiz Felipe Marques. Assista à entrevista completa no player acima.

Invista melhor o seu dinheiro. Abra sua conta na XP Investimentos.