Política

332 servidores foram expulsos do governo federal por corrupção em 2015

Segundo informações da Controladoria-Geral da União, ao todo foram 541 funcionários afastados no ano passados por infringirem regras estabelecidas

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A Controladoria-Geral da União informou que foram expulsos 541 servidores no ano passado por infringirem a lei. Em 332 casos — o que corresponde a 61,4% –, a expulsão ocorreu depois da comprovação de prática de crimes relacionados à corrupção, conforme noticiou o portal iG.

Ao todo, foram 447 demissões de servidores efetivos, 53 cassações de aposentadorias e 41 destituições de ocupantes de cargos em comissão. Os dados não incluem empregados de companhias estatais. O número praticamente repete o registrado no anterior, quando 547 funcionários foram expulsos do governo.

Conforme informou a CGU, as pastas que tiveram o maior número de afastamentos foram Trabalho e Previdência Social, Educação e Justiça. Desde 2003, foram expulsos 5.600 servidores.

Baixe agora a Carteira InfoMoney 2016! Basta deixar o seu email abaixo: