Em localiza

Transformando ameaças em oportunidades: os pilares para a adaptação da Localiza aos novos cenários

Em entrevista aos analistas da XP Karel Luketic e Bruna Pezzin, o CFO da Localiza Mauricio Teixeira ressaltou as adaptações da companhia em um ambiente de disrupção 

SÃO PAULO - De pequena empresa que começou com apenas seis fuscas financiados à companhia com maior valor de mercado do mundo dentro de seu setor, com mais de 200 mil carros em sua frota, a Localiza (RENT3) passou por diversas transformações durante os seus 45 anos de atuação.

Mas as transformações não param, ainda mais levando em conta o ambiente de forte disrupção que o setor de aluguéis de carros e seminovos vêm passando nos últimos tempos com a mudança no comportamento do consumidor, que estão aderindo cada vez mais à economia do compartilhamento. Ou seja, fazer o uso dos serviços ao invés de ter a posse de bens. E nesse ambiente, a companhia encontrou grandes oportunidades para crescimento. 

Em entrevista aos analistas da XP Investimentos Karel Luketic e Bruna Pezzin, o diretor financeiro e de relações com investidores da companhia, Mauricio Teixeira, traçou um cenário sobre as mudanças da companhia para atender às novas necessidades no seu segmento, além de falar sobre o ambiente de consolidação do setor. 

"Estamos crescendo muito e o aluguel de carros está nesse contexto de mobilidade, tendo um patamar muito grande de crescimento. Esses últimos dois, três anos foram transformacionais, a companhia quase dobrou de tamanho, o que pode ser observado também no valor de mercado, que multiplicou por três nos últimos dois anos", avalia Teixeira, que ressaltou que a companhia vem constantemente investimento em inovação e mobilidade, o que ajuda a explicar os bons números da empresa. 

Apontando a alta escala da Localiza, que permite um crescimento e rentabilidade dentro do cenário de consolidação do setor, o CFO ressalta ainda que a companhia está tendo uma forte entrada em segmentos que, para ela, não existiam três anos atrás. Um dos casos é do começo do aluguel de carros para motoristas parceiros de aplicativos, que vem tendo forte crescimento nos últimos trimestres. 

"O que parecia uma ameaça no começo virou uma grande oportunidade, isso porque as pessoas passaram mais a considerar alugar carro uma vez que usam o aplicativo durante a semana", ressalta Teixeira.

Nesse cenário, a companhia também busca inovação, ressaltando o lançamento recente de um aplicativo específico piloto para motoristas de aplicativos para uma maior interação, além de fornecer serviços de assistência, para troca do carro, entre outros.

Com tantas mudanças no curto prazo, como o CFO imagina o futuro para a Localiza em um prazo mais longo, como em 2030?

Teixeira aponta em um aumento na frota de carros elétricos e, ainda mais para frente (2040 ou 2050), acredita em um aumento da importância dos carros autônomos. Nesse último caso, ressalta que a Localiza pode ter um papel bastante importante ao fazer a gestão de frotas dada a sua experiência em capital intensivo. 

Confira a entrevista na íntegra no vídeo abaixo:

Quer investir em ações da Localiza com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!

 

 

Contato