Em jbsfriboi

JBS resiste a tensão política na Argentina e sobe 3% após incêndio na Tyson

Principal rival está com 3.800 empregados sem trabalho nesta segunda depois de parte de sua planta queimar na sexta

JBS
(Shutterstock)

SÃO PAULO - A maior alta entre as 66 ações que compõem a carteira teórica do Ibovespa nesta segunda-feira (12) é a da JBS (JBSS3).

Os papéis da companhia parecem alheios aos temores do mercado acerca das eleições na Argentina. Nas primárias, o atual presidente Mauricio Macri, eleito sob uma agenda liberal, foi derrotado por 15 pontos percentuais pela chapa Alberto Férnandez e Cristina Kirchner. 

Impulsionam as ações da JBS a notícia de que 3.800 funcionários da Tyson Foods estão sem trabalho após um incêndio destruir parcialmente a fábrica de carne de Holcomb, no Kansas (EUA). 

As ações da Tyson caem 2,2% na bolsa de Nova York, enquanto as da JBS avançam 3,3% a R$ 28,33 às 12h38 (horário de Brasília). 

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!

 

Contato