Em itauunibanco

Itaú Unibanco (ITUB4) tem lucro líquido de R$ 7,03 bi no 2º trimestre, alta de 10%

O resultado ficou em linha com a projeção de R$ 7,038 bilhões dos analistas consultados pela Bloomberg

Itaú Unibanco
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O Itaú Unibanco (ITUB4) fechou o segundo trimestre deste ano com lucro líquido recorrente de R$ 7,034 bilhões, uma alta de 10,2% ante o mesmo período do ano passado. O resultado ficou em linha com a projeção de R$ 7,038 bilhões dos analistas consultados pela Bloomberg.

O banco fechou o semestre com lucro líquido recorrente foi de R$ 13,9 bilhões, um crescimento de 8,7% em um ano, com o retorno sobre o patrimônio líquido chegando a 23,6%.

Em release, o Itaú destacou o crescimento de 4,1% no produto bancário em comparação ao mesmo período do ano anterior. Já a carteira de crédito fechou o período entre abril e junho em R$ 659,7 bilhões, uma alta de 5,9% ante 2018.

Já a margem financeira com clientes teve crescimento de 6,7% puxado pelo avanço das carteiras de crédito de pessoas físicas e micro, pequenas e médias empresas. "Esses efeitos foram parcialmente compensados por um crescimento nas despesas não decorrentes de juros e pelo aumento do custo de crédito", disse a instituição.

Além do resultado, o Itaú informou também que seu conselho de administração aprovou hoje o pagamento, no dia 23 de agosto, de dividendos complementares no valor de R$ 0,7869 por ação.

A remuneração será paga aos acionistas que tiverem ações no dia 15 de agosto, com os papéis passando a negociar na forma "ex" em 16 de agosto.

Por fim, o banco também lançou Programa de Desligamento Voluntário (PDV). "Esse programa tem o objetivo de dar a oportunidade de uma transição de carreira segura para quem tem interesse em deixar a empresa e para adequar suas estruturas à realidade do mercado, beneficiando colaboradores que se enquadram em alguns pré-requisitos", disse a companhia.

Os elegíveis poderão aderir ao PDV no período de 01 a 31 de agosto. Serão duas opções de pacotes de benefícios: 1) pagamento de 0,5 salário por ano trabalhado (limitado a 6 salários) e manutenção do plano de saúde por 60 meses; ou 2) pagamento de 0,5 salário por ano trabalhado (limitado a 10 salários) e manutenção do plano de saúde por 24 meses.

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações

 

Contato