Em itausa

Após resultados de controladas, Ágora eleva em 5,75% preço-alvo de Itaúsa

Analista soma valor de mercado de Itaú Unibanco, Duratex, Elekeiroz e Itautec e embute desconto de 20,2% para encontrar novo valor

SÃO PAULO - Após a safra de resultados do primeiro trimestre, a Ágora aumentou em 5,75% o preço-alvo para as ações da Itausa (ITSA4), de R$ 14,25 para R$ 15,07, que agoram passam a ter potencial teórico de valorização de 34,55% para dezembro de 2011.

"Neste método, utilizamos a média do desconto que é atribuído pelo mercado à itaúsa em relação ao valor de mercado das suas empresas controladas. Este desconto foi de 20,2% nos últimos oito trimestres", justificou Aloisio Villeth Lemos.

Cálculo simples
O analista explica que após os resultados de Itaú Unibanco (ITUB4), Duratex (DTEX3), Elekeiroz (ELEK3) e Itautec (ITEC3), que compõem a holding, foi possível estimar o novo preço-alvo para as ações.

A explicação é simples, somou-se a participação da Itausa em relação aos valores de mercado das quatro empresas controladas e em cima deste montante foi atribuído um desconto de 20,2%, que representa a média histórica de desconto das ações.

Recomendação segue de compra
Por fim, o analista simplesmente dividiu o valor obtido pela quantidade total de ações disponível no mercado, o que levou Lemos também a manter recomendação de compra para os papéis.

 

Contato