Em irbbrasil

Warren Buffett pode comprar fatia de uma das melhores empresas da bolsa brasileira

Segundo colunista do jornal O Globo, executivos do IRB Brasil e Ajit Jain, co-CEO Berkshire Hathaway, têm reunião marcada em Nova York, logo após eleição brasileira

Warren Buffett
(Bloomberg)

SÃO PAULO - Um namoro que já dura mais de um ano ensaia um avanço no mercado brasileiro. Conforme informa o jornalista Lauro Jardim em sua coluna no jornal O Globo, a venda de uma fatia do IRB Brasil (IRBR3) para a Berkshire Hathaway, do megainvestidor Warren Buffett, passou a ser uma possibilidade concreta.

Notícias sobre o interesse do bilionário na companhia de resseguros já circulavam desde antes do IPO (Oferta Pública Inicial, da sigla em inglês), ocorrido no final de julho do ano passado.

Leia também: Empresa entrega "presente perfeito" no 2º tri, domina setor e segue queridinha dos analistas

Segundo o jornalista, duas semanas atrás, os executivos José Carlos Cardoso e Fernando Passos, presidente e vice-presidente do IRB, reuniram-se com Ajit Jain, co-CEO da Berkshire, em Monte Carlo. Uma nova conversa estaria marcada para uma semana após as eleições brasileiras, em Nova York. Na imprensa internacional, Ajit Jain é tratado como defensor do negócio com a companhia de seguros.

O resseguro é o sistema de seguro das empresas seguradoras. Ou seja, o IRB assume o compromisso de indenizar – total ou parcialmente – as companhias de seguros por danos que possam acontecer devido às apólices de seguros vendidas por elas. Assim, a empresa de resseguro ajuda a reduzir os riscos das seguradoras.

Leia também: A ação brasileira que atraiu a atenção de Buffett virou a grande pedida para o volátil ano de 2018

Desde a entrada na B3, o IRB mais que dobrou seu valor de mercado e tem animado investidores e analistas. Apenas no acumulado deste ano, os papéis da companhia já subiram 93,6%, enquanto o Ibovespa avançou 3,9%. Apesar das expectativas cada vez mais elevadas, a companhia continua surpreendendo especialistas, que se sentem confortáveis em dobrar a aposta.

As ações do IRB Brasil estão na Carteira Recomendada InfoMoney, com participação de 7,4%. Desde sua criação, em janeiro de 2016, até o início de setembro, o ganho acumulado do portfólio superava os 95%, contra alta de 75% do Ibovespa no mesmo período.

 

Contato