Em franquias

14 perguntas que você deve fazer antes de abrir uma franquia

Há alguns passos para evitar que o tão sonhado negócio acabe se tornando um pesadelo

SÃO PAULO - Abrir mão do emprego e se aventurar no próprio negócio não é tarefa fácil. Uma alternativa para os futuros empresários que buscam estabilidade e promessa de retorno é adquirir uma franquia com marca conhecida no mercado e que, geralmente, possui um investimento mais vantajoso.

Veja mais: quer abrir uma franquia? Aprenda com os melhores especialistas

Contudo, há alguns passos para evitar que o tão sonhado negócio acabe se tornando um pesadelo. Segundo o especialista da consultoria especializada no setor Rizzo Franchise, Marcus Rizzo, há algumas perguntas que precisam ser respondidas antes de assinar um contrato de franquias:

1. “Que produtos ou serviços você gostaria de comercializar?”
Segundo Rizzo, sua melhor aposta é encontrar uma franquia com a qual realmente se identifique. “Pior do que um emprego com qual você não goste é ter um negócio com o qual não se identifica.”

2. “Quanto dinheiro você tem disponível para investir?”
Ter o capital necessário para investir é muito importante. Não acredite que você vai conseguir depois e, se não tiver, passe o chapéu na família e amigos. “Bancos só em casos excepcionais e nem pense começar endividado”, ressaltou o especialista.

3. “Quanto você realmente gosta deste negócio?”
Pense que pelo menos nos próximos dez anos, todos os dias, você deverá estar presente no negócio. Você está preparado para essa jornada?

4. “Com quem estou conversando?”
Não aceite intermediários – corretores, consultores ou qualquer outro terceirizado. Todos ganham comissão pela venda e estarão interessados em lhe vender. Promessas na venda nãoserão necessariamente entregues pelo franqueador.

5. “Qual é o custo total de aquisição negócio?”
Além da Taxa de Franquia e o investimento para instalar o negócio você ainda terá outras despesas pré-operacionais como treinamento, locação, pessoal e treinamento. É importante ter a reserva de capital de giro para iniciar o negócio.

6. “Qual a experiência do franqueador no negócio?”
Há quanto tempo existe a franquia? É uma franquia nova ou já estabelecida há anos? Quantas unidades próprias e outras franquias existem, onde estão localizadas e quantas já foram fechadas?

7. “Qual é a estabilidade e conhecimento da organização franqueadora?”
O conhecimento dos dirigentes da franqueadora na operação do negócio antes de implantar a franquia ( seleção e negociação do ponto, arquitetura, instalações, equipamentos e o treinamento) e após a implantação (suporte operacional).

8. “ Qual é a trajetória da franquia que você escolheu?”
A maioria dos atuais franqueados está satisfeito com o negócio? Nome e endereço dos franqueados devem ser fornecidos e converse com pelo menos quatro deles sobre cada um dos pontos aqui levantados e especialmente sobre suas experiências com a franqueadora.

9. “Qual é o treinamento oferecido?”
Pergunte sobre o treinamento e suporte que será fornecido. Você vai receber passo a passo as instruções e um treinamento prático? Quais os manuais e outros materiais que você receberá?

10. “Qual é a distância mínima que sua franquia terá de outra?”
Qual o tamanho do mercado para os produtos ou serviços da franquia na sua área de atuação e quem são os concorrentes? Qual o sucesso das franquias que estão longe do franqueador? Elas recebem o suporte adequado e constante?

11. “Você será obrigado a comprar insumos ou produtos do franqueador?”
Tome muito cuidado com as franquias onde o franqueador é o único ou o principal fornecedor. Toda a estrutura de organização da franqueadora estará voltada para lhe vender e não para lhe ajudar a vender.

12. “Quais os termos do contrato sobre o tempo e sua propriedade?”
Se você quiser continuar, quando o contrato expirar, ele será renovado automaticamente? Trata-se de um contrato curto que exige o pagamento de novas taxas? Peça a Circular de Oferta de Franquias que contém todas as informações sobre o negócio e os contratos – a entrega é obrigatória.

13. “Como eventuais disputas serão tratadas?”
Preste atenção para as cláusulas que exigem arbitragem na localidade da franqueadora. Em caso de litígio, você terá que bancar todas as viagens e despesas de arbitragem.

14. “Você gostou da forma como foi atendido durante o processo de escolha e compra da franquia?”
Normalmente esta será a forma com que será atendido depois de adquirir a franquia.

 

Contato