Em educacao / guias

Conheça as diferenças entre as análises financeira, fundamentalista e técnica

Uso complementar das metodologias de análise disponíveis pode alavancar ganho dos investidores

SÃO PAULO - Um dos fatores determinantes do sucesso dos melhores investidores no mercado de ações é a sua capacidade de analisar as ações de forma apropriada, o que lhes permite comprar e vender os melhores papéis no momento certo.

De forma geral, podemos dizer que a análise deve ser baseada no comportamento de uma série de variáveis, não se restringindo somente à situação atual, mas também tirando lições do comportamento passado das ações e, principalmente, tentando chegar a um consenso quanto ao desempenho futuro da empresa.

Desta forma, a análise se baseia em dados passados e presentes com o objetivo de determinar qual o futuro da empresa.

Escolas de análise
Existem duas correntes ou "escolas" básicas de análise do mercado de ações: análise financeira e fundamentalista (mais indicada para o médio e longo prazo) e análise técnica ou gráfica (mais recomendada para análises de curto prazo).

De forma geral, as análises financeira e fundamentalista têm uma preocupação maior nos fundamentos da empresa, sendo adotadas pela maioria dos analistas de bancos e corretoras de valores. Já a análise técnica foca no estudo dos padrões de preços, podendo ser usada, deste modo, não somente no mercado de ações, mas para todos os ativos financeiros que tenham uma série histórica de dados.

Para entender melhor o que cada tipo de análise propõe, vale a pena traçar um paralelo com um mercado que você talvez conheça melhor, o mercado de imóveis.

Análise Financeira: verifique a qualidade
Você não compraria um imóvel sem antes checar coisas como a sua localização, área útil, área construída, qualidade da planta, padrão de acabamento, áreas de lazer, garagens, etc. Em conjunto, essas variáveis definem se o imóvel que você quer comprar é de qualidade ou não, sem levar EM consideração o preço. Da mesma forma, a análise financeira ajuda a determinar a qualidade de uma empresa.

A análise financeira baseia-se, sobretudo, na análise dos demonstrativos financeiros da empresa para determinar a sua posição financeira atual assim como desempenho futuro. Analisar os demonstrativos financeiros da empresa, deste modo, equivale a estudar a planta do seu imóvel.

A planta não garante que a construção vai ser perfeita, mas dá mais segurança. Por outro lado, se existem problemas com a planta, então você pode ter certeza que haverá vazamentos, trincas, etc. Da mesma forma, os demonstrativos financeiros não garantem o desempenho futuro da empresa, mas podem trazer mais segurança quanto a sua capitalização, capacidade de gerar lucros, etc.

Análise fundamentalista: levando em conta o preço
uma vez que você esteja satisfeito com a qualidade do imóvel de seu interesse, então a segunda pergunta a fazer é: o vendedor está pedindo um preço justo pelo número de quartos? Ou pela área útil? Número de banheiros? Pelo número de vagas na garagem? Ou talvez pelo padrão de acabamento?

Para tal, você deve comparar o imóvel que está analisando com imóveis similares no mercado. Isso dá condições para determinar se o preço que está sendo pedido é justo ou não. O mesmo ocorre com a análise fundamentalista. Para determinar o preço justo das ações da empresa, a análise fundamentalista baseia-se em múltiplos de mercado de ações de empresas similares.

Os múltiplos de mercado são calculados, em sua maioria, dividindo o valor de mercado da empresa por uma série de indicadores presentes nos demonstrativos financeiros (valor patrimonial, lucro estimado, fluxo de caixa). Esses múltiplos são equivalentes aos que você calculou para o seu imóvel: Preço/Quartos, Preço/Vagas, Preço/Área etc.

Assim como no exemplo do imóvel, você deve comparar os múltiplos de mercado da empresa com os múltiplos de empresas similares. Por empresas similares entendemos empresas que atuem no mesmo segmento de mercado (estejam no mesmo bairro), tenham mesma rentabilidade (mesmo número de quartos), etc.

A comparação entre os múltiplos de empresas é chamada análise comparativa, que, no caso das empresas pertencerem ao mesmo setor, é denominada análise setorial.

Análise técnica: comparando ao longo do tempo
Se você estiver satisfeito com a qualidade (análise financeira) e preço relativo (análise fundamentalista) do seu imóvel, a última pergunta que você deve se fazer é se os níveis de preço atual para esse tipo de imóvel estão em linha com os níveis históricos.

Se o preço do seu imóvel estiver bem abaixo do preço médio nos últimos cinco anos, por exemplo, isto pode indicar que é um bom momento para compra. Já um preço muito acima da média pode indicar que talvez seja melhor esperar um pouco antes de comprar.

A análise técnica baseia-se no princípio de que os preços de ações se movem em tendências persistentes ao longo do tempo. Ou seja, os preços e volumes históricos de uma ação influenciam as flutuações futuras, de forma que uma vez determinada a tendência, é possível saber qual o melhor momento para comprar ou vender uma ação.

 

Contato