Baixa maior que a esperada

Vendas no varejo dos EUA sofrem queda de 16,4% em abril, a maior da história

Analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam recuo menor das vendas, de 12,3%

(Shutterstock)
Aprenda a investir na bolsa

As vendas no varejo dos Estados Unidos sofreram um tombo de 16,4% em abril ante março, o maior da história, em meio aos efeitos da pandemia de coronavírus, segundo dados com ajustes sazonais divulgados hoje pelo Departamento do Comércio.

Analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam recuo menor das vendas, de 12,3%.

Excluindo-se automóveis, as vendas no setor varejista americano sofreram contração de 17,2% na comparação mensal de março.

Aprenda a investir na bolsa

Já desconsiderando-se também as vendas de gasolina, o declínio foi de 16,2%.

Os dados de março ante fevereiro foram revisados, para queda de 8,3% no caso das vendas totais e redução de 4% das vendas sem automóveis. Fonte: Dow Jones Newswires.

Newsletter InfoMoney – Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.