Tensão

UE lamenta tarifas dos EUA em caso Airbus e ameaça retaliar

A OMC autorizou os EUA a retaliar a UE em US$ 7,5 bilhões por julgar que subsídios concedidos pelo bloco à Airbus são ilegais

arrow_forwardMais sobre
Prédio da Airbus

A Comissária para Comércio da União Europeia (UE), Cecilia Malmström, lamentou hoje o fato de o governo dos Estados Unidos ter ido adiante com a decisão de tarifar produtos do bloco, como resultado do recente veredicto da Organização Mundial de Comércio (OMC) sobre o caso da fabricante de aviões europeia Airbus, e ameaçou adotar medidas retaliatórias.

“Esse passo não nos deixa alternativa além de seguir o mesmo caminho no momento oportuno com nossas próprias tarifas no caso da Boeing, uma vez que foi constatado que os EUA descumpriram regras da OMC”, disse Malmström em comunicado.

No último dia 2, a OMC autorizou os EUA a retaliar a UE em US$ 7,5 bilhões por julgar que subsídios concedidos pelo bloco à Airbus são ilegais, como parte de um caso que começou há 15 anos e também envolve a americana Boeing.

PUBLICIDADE

Ainda no comunicado, Malmström disse que a Comissão Europeia – braço executivo da UE – vai monitorar o impacto das tarifas dos EUA a bens europeus, em especial no setor agrícola.

“A Comissão Europeia está comprometida a defender empresas, produtores agrícolas e consumidores europeus”, finalizou.

Invista seu dinheiro para realizar seus maiores sonhos. Abra uma conta na XP – é de graça.