Pronunciamento

Trump promete novas sanções contra o Irã e diz que EUA querem paz

"Enquanto eu for presidente, o Irã nunca poderá ter uma arma nuclear", disse o presidente em discurso

arrow_forwardMais sobre
(Shutterstock)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em seu primeiro pronunciamento após o ataque do Irã às bases que abrigam tropas americanas no Iraque, o presidente Donald Trump anunciou que os Estados Unidos irão impor novas sanções aos iranianos.

Segundo ele, as sanções vão continuar “até que o Irã mude seu comportamento”. Apesar da decisão, Trump afirmou que o Irã “parece estar recuando”.

O presidente iniciou seu discurso acalmando a população e informando que nenhum americano ou iraquiano ficou ferido no ataque e que os danos nas instalações foram baixos.

Aprenda a investir na bolsa

Leia também:
Ibovespa zera perdas após Trump fazer discurso apaziguador apesar de anunciar novas sanções
Os 10 maiores riscos para o mundo em 2020, de acordo com a Eurasia

Trump também reforçou que não permitirá ao Irã ter armas nucleares. “Enquanto eu for presidente, o Irã nunca poderá ter uma arma nuclear”, disse em seu discurso. Além disso, ele pediu para que os dois países trabalhem juntos em assuntos prioritários, como a luta contra o Estado Islâmico.

“Os EUA estão prontos para apoiar a paz com todos que a busquem”, disse.

Segundo ele, o Irã é o principal patrocinador do terrorismo no mundo, e a busca por armas nucleares ameaça o mundo civilizado. “Nunca deixaremos isso acontecer”, reforçou Trump defendendo novamente o ataque que matou o general Qassem Soloeimai.

O Irã anunciou no último domingo que “não reconhecerá limites” às suas atividades de enriquecimento de urânio, se distanciando assim do acordo sobre seu programa nuclear, acertado em 2015 com França, Reino Unido, Alemanha, Rússia e China e EUA. Os americanos deixaram o pacto em 2018.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos

PUBLICIDADE