Números melhoram

Taxa de emprego na OCDE subiu a 68,7% no 4º tri de 2021, próximo ao pré-pandemia

Aumentos da taxa de emprego foram registrados em 80% dos países-membros da OCDE, segundo comunicado.

Por  Estadão Conteúdo -

A taxa de emprego na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) subiu de 68,2% para 68,7% no quarto trimestre de 2021, em comparação aos três meses anteriores. O resultado ficou apenas 0,2 ponto porcentual abaixo da taxa registrada a igual período de 2019, no período pré-pandemia, informou o grupo nesta quinta-feira, 21.

Aumentos da taxa de emprego foram registrados em 80% dos países-membros da OCDE, segundo comunicado.

As maiores altas, acima de 1 ponto porcentual, se deram no Chile, Islândia, Israel e Turquia. Enquanto quedas foram registradas apenas na Bélgica, Colômbia, Letônia, Luxemburgo e Eslovênia.

Todos os 23 membros da OCDE tiveram a taxa de emprego no último trimestre de 2021 igual ou acima dos níveis que antecederam a pandemia.

A participação da força de trabalho, por sua vez, cresceu para 78,8%.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe