Rússia inicia embarques de trigo para o Brasil a partir de terminal do Báltico

O Brasil, grande comprador do trigo russo, importou 929.000 toneladas do grão em 2023

Reuters

Colheita de trigo na região de Rostov, na Rússia 18/07/2023 REUTERS/Sergey Pivovarov

Publicidade

A Rússia iniciou embarques de trigo para o Brasil a partir do Porto de Vysotsky, no Mar Báltico, informou nesta sexta-feira o braço de inspeção de qualidade do órgão de fiscalização agrícola da Rússia.

“Os grãos foram embarcados para o Brasil a partir dos portos russos do Mar Báltico pela primeira vez”, disse o centro de avaliação da qualidade dos grãos.

O órgão disse que um carregamento de 31.000 toneladas de trigo passou por verificações de qualidade e foi embarcado no início de junho.

Continua depois da publicidade

O terminal de grãos no Porto de Vysotsky, a 50 km da fronteira entre a Rússia e a Finlândia, iniciou os embarques em abril de 2023, com a primeira carga indo para a Tunísia. A capacidade planejada do terminal é de 4 milhões de toneladas por ano.

Os embarques do Báltico têm o objetivo de aliviar a pressão sobre os terminais de grãos nos mares Azov e Negro, que estão operando com capacidade máxima em meio a exportações recordes nesta temporada.

A Rússia estima as exportações de grãos na atual temporada 2023/24 em 70 milhões de toneladas. O Brasil é um grande comprador, com exportações de trigo para esse país totalizando 929.000 toneladas em 2023, de acordo com o Ministério da Agricultura da Rússia.