Putin diz que Rússia poderia usar armas nucleares se sua soberania estiver sob ameaça

"Por alguma razão, o Ocidente acredita que a Rússia nunca as usará", disse Putin

Reuters

Presidente russo, Vladimir Putin, dá entrevista a agências internacionais (Sputnik/Vladimir Astapkovich/Pool via REUTERS)

Publicidade

O presidente Vladimir Putin, questionado sobre os riscos de uma guerra nuclear por causa da Ucrânia, advertiu o Ocidente nesta quarta-feira (5) que a Rússia poderia usar todos os meios disponíveis para se defender se sua soberania ou integridade territorial fosse ameaçada.

Putin disse que o Ocidente acusou repetidamente a Rússia de ameaçar o uso de armas nucleares, mas disse que isso era errado e ressaltou que foram os Estados Unidos que usaram armas nucleares contra o Japão na Segunda Guerra Mundial.

Putin, falando a editores seniores de agências de notícias internacionais em São Petersburgo, disse que a doutrina nuclear russa permite que essas armas sejam usadas em resposta a várias ameaças.

Continua depois da publicidade

“Por alguma razão, o Ocidente acredita que a Rússia nunca as usará”, disse Putin. “Temos uma doutrina nuclear, veja o que ela diz. Se as ações de alguém ameaçarem nossa soberania e integridade territorial, consideramos possível usar todos os meios à nossa disposição. Isso não deve ser considerado levianamente, superficialmente.”