Movimentações do Fed

Quatro altas de juros pelo Fed pode ser apenas o começo

“É bem possível que o Fed seja forçado a ser mais agressivo neste ciclo”, disse Lou Crandall, economista-chefe da Wrightson ICAP

Por  Bloomberg -

(Bloomberg) — A possibilidade de o Federal Reserve realizar quatro altas de juros de 0,25 ponto percentual cada neste ano está crescendo – e com a velocidade com que os mercados estão se movendo, existe a chance de que operadores em breve procurem se proteger contra o risco de um aperto ainda mais rápido.

Os contratos futuros já indicam que a taxa será 88 pontos-base mais alta até o final deste ano – visto por muitos como um sinal de que o mercado está precificando três altas, além da possibilidade de uma quarta em 2022. O primeiro aumento poderia já vir em março.

“É bem possível que o Fed seja forçado a ser mais agressivo neste ciclo”, disse Lou Crandall, economista-chefe da Wrightson ICAP. “Você pode ver números de inflação salarial que exigem uma resposta política mais agressiva.”

É uma mudança que aconteceu com uma velocidade notável. No final de 2021, a perspectiva de um aumento em março estava perto de um cara ou coroa, mas essa perspectiva agora está quase totalmente precificada.

À medida que o aperto médio previsto pelos preços de mercado se aproxima de um ponto percentual, isso sugere que alguns operadores podem estar se protegendo contra o risco de cinco ou até seis aumentos de juros.

O mercado de derivativos sugere que os investidores estão atualmente fazendo apostas em ambos os lados do cenário central, mas é um risco que tem potencial para crescer, especialmente se a inflação acelerar.

Aperto mais rápido

Está sendo adicionado um prêmio até 2024. Os operadores estão sinalizando a perspectiva de oito movimentos da taxa de juros de 0,25 ponto percentual até o início de 2024, acima das expectativas anteriores de cerca de seis.

“A ideia de que o Fed se atenha a um modelo de quatro aumentos de juros este ano é desafiada pelo que já aconteceu, com o ritmo de redução da compra de ativos acelerando nos últimos três meses”, disse Guneet Dhingra, chefe de estratégia de taxas de juros dos EUA no Morgan Stanley.

“Se eles precisam caminhar rápido, eles vão. Há um alto grau de variabilidade que pode resultar em mais de quatro altas – ou menos – dependendo se a inflação for mais lenta durante o segundo semestre do ano. O Fed está mostrando urgência e sendo flexível.”

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui!

Compartilhe