“Prévia” do PIB, IBC-Br cresce 0,24% em janeiro, abaixo do esperado

O IBC-Br incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária

Ricardo Bomfim

(Shutterstock)

Publicidade

SÃO PAULO – Ainda sem o impacto direto do coronavírus, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) teve um crescimento de 0,24% em janeiro na comparação com o mês anterior, abaixo da expectativa mediana dos economistas compilada no consenso Bloomberg, que apontava para um avanço de 0,4%. Em dezembro, o IBC-Br registrou uma contração de 0,27%.

Já na base anual, o IBC-Br teve uma expansão de 0,69%, enquanto o mercado esperava um avanço de 1,05%.

O resultado foi calculado após ajuste sazonal (uma espécie de “compensação” para comparar períodos diferentes).

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O IBC-Br incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos.

Aprendizados em tempos de crise: uma série especial do Stock Pickers com as lições dos principais nomes do mercado de ações. Assista – é de graça!

Ricardo Bomfim

Repórter do InfoMoney, faz a cobertura do mercado de ações nacional e internacional, economia e investimentos.