Covid-19

Presidente francês Emmanuel Macron é diagnosticado com novo coronavírus

Presidente do país se isolará por sete dias e continuará trabalhando a distância, disse a nota do governo francês

(ANSA) – O presidente da França, Emmanuel Macron, foi diagnosticado nesta quinta-feira (17) com o coronavírus Sars-CoV-2 e ficará em isolamento por pelo menos sete dias.

Segundo comunicado da Presidência da República, Macron, que completa 43 anos no dia 21 de dezembro, testou positivo em um exame realizado após o surgimento dos primeiros sintomas.

“Conforme as indicações sanitárias em vigor aplicáveis a todos, o presidente da República se isolará por sete dias. Ele continuará trabalhando a distância”, diz a nota.

O primeiro-ministro Jean Castex e o presidente da Assembleia Nacional, Richard Ferrand, também cumprirão um período de quarentena por precaução, já que mantiveram contato com Macron recentemente.

O presidente da República ainda se reuniu na última quarta (16) com o premiê de Portugal, António Costa, e na segunda-feira (14) com o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, que entrou em isolamento até 24 de dezembro.

“Caro Emmanuel Macron, desejo um pronto restabelecimento, estou com você de todo coração. Derrotaremos juntos essa pandemia, continuaremos trabalhando lado a lado para vacinar e proteger nossos cidadãos”, disse no Twitter a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

A França contabiliza quase 2,5 milhões de casos do novo coronavírus desde o início da pandemia e cerca de 60 mil mortes. (ANSA)

Newsletter InfoMoney
Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.